Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Junho de 2024

Policial

Taxista e passageiro são presos com 638 canários peruanos na BR-262

O motorista foi autuado em R$ 319 mil pelo transporte das aves que foram levadas ao Cras

Correio do Estado

30 de Agosto de 2012 - 11:00

Uma equipe da Polícia Ambiental de Miranda apreendeu, ontem (29), 18 gaiolas com 638 canários peruanos em um táxi, na BR-262.

O traficante informou que recebeu as gaiolas de um homem conhecido como Baiano no ponto de táxi da fronteira Brasil - Bolívia, levaria os animais para Campo Grande e os entregaria para o o mesmo homem. Ele afirmou ainda que ganharia R$ 1 mil pelo transporte e pagaria R$ 200 para uma pessoa que o acompanhava.

O taxista e o passageiro foram presos e encaminhados para a delegacia de Miranda, onde foram autuados por crime ambiental. Se condenados poderão pegar pena de 3 meses a 1 ano de detenção.

A polícia também multou o taxista em R$ 319 mil, ou seja, R$ 500 por canário.

As aves foram levadas para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) em Campo Grande.