Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Janeiro de 2021

Policial

Traficantes mudam de estratégia e agora investem dinheiro da droga em bens

Segundo o diretor geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas, a ação dos bandidos não mudou, o que foi alterada é maneira como o dinheiro é aplicado

Campo Grande News

15 de Abril de 2014 - 10:00

Para tentar burlar ação da Polícia, traficantes que agem em Mato Grosso do Sul estão mudando a estratégia e investindo boa parte do dinheiro arrecado com a venda de entorpecentes em bens.

Segundo o diretor geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas, a ação dos bandidos não mudou, o que foi alterada é maneira como o dinheiro é aplicado. “Os bandidos utilizam os mesmo locais para passar com a droga, como as estradas vicinais. O que eles fazem agora é descaracterizar o crime investindo o dinheiro em bens”, explicou o diretor.

Conforme Razanauskas, antes as quadrilhas recebiam o dinheiro com a venda da droga e compravam mais entorpecentes, agora o foco é a aquisição de imóveis e veículos. “Eles estão comprando caminhões, propriedades rurais, que serve como entreposto para armazenagem da droga”, comentou.

Diante desta situação, a investigação da Polícia é ampliada e não termina no flagrantes e nas preensão . O diretor explicou que, antes quando a droga era apreendida e não havia flagrante, o traficante era procurado e preso. Agora, após esse processo, uma nova investigação é aberta para saber em que a quadrilha está empregando o dinheiro.

“A intenção com investigação é desarticular essa quadrilha e não deixar que transformem o dinheiro em algo lícito”, ressaltou o diretor participa nesta manhã na incineração de 36 toneladas de drogas apreendidas só este ano em Mato Grosso do Sul. A queima da droga é realizada no frigorífico JBS, na saída para Sidrolândia, na BR-060.