Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Política

Biffi apoia candidatura de Rui Falcão à presidência do PT Nacional

O parlamentar destacou que Rui Falcão fez um grande trabalho partidário em todo o Brasil, onde respeitou as correntes ideológicas e, por isso, tem grandes chances de se reeleger.

Assessoria

14 de Agosto de 2013 - 14:51

O deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT/MS) participou nesta terça-feira (13/08) do ato de lançamento da candidatura de Rui Falcão à presidência do Partido dos Trabalhadores, que foi realizada no auditório Petrônio Portela, no Senado Federal, e contou com a presença do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, parlamentares, líderes e militantes petistas.

O parlamentar destacou que Rui Falcão fez um grande trabalho partidário em todo o Brasil, onde respeitou as correntes ideológicas e, por isso, tem grandes chances de se reeleger.

“O Rui representa a capacidade de dialogar e conversar com vários grupos e várias forças que organizam o nosso partido. Estamos vivendo um momento em que o PT precisa de ampliação. Para isso, é necessário que o partido não seja apenas uma corrente, mas que represente o seu coletivo, o seu todo. Rui Falcão é este momento”, declarou Biffi.

Lula – Já o ex-presidente Lula defendeu a reeleição do presidente Rui Falcão e relembrou a história e a trajetória da legenda. Lula enfatizou que o PT paga o preço de ser o maior partido de esquerda da América Latina e também porque a agremiação, segundo ele, teve a primazia de eleger um operário e uma mulher para a presidência da República.

“O PT é tão grande que as pessoas não compreendem que, mesmo depois de tentarem massacrar e destruir o nosso partido com infâmia e injúria, ele continua sendo o partido com mais credibilidade neste País”, disse.

O ex-presidente destacou ainda que o partido é maior que suas representações no Executivo ou Legislativo, representando um partido que reflete o desejo mudança do povo brasileiro.

“Ao longo de 10 anos à frente do Executivo Federal, o PT fez muito mais para a população brasileira que todos os governos que antecederam a gestão petista. Não fizemos tudo que o país necessita, mas avançamos expressivamente”, destacou. A eleição interna que definirá a nova direção do PT ocorrerá em novembro deste ano.