Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Política

Deputado Marcio Fernandes avalia o 1º semestre como muito produtivo

Nesse primeiro semestre de 2013, foi implantado polos do projeto de judô Esperança Olímpica em 26 municípios.

Assessoria

18 de Julho de 2013 - 07:31

O deputado Marcio Fernandes (PTdoB) acredita que o primeiro semestre legislativo de 2013 foi bem produtivo tanto no seu trabalho parlamentar como no crescimento do PTdoB em Mato Grosso do Sul. “O primeiro semestre foi muito produtivo fizemos 86 indicações, conseguindo atender oficialmente várias delas, elaboramos cinco projetos de lei, e três já se tornaram leis de extrema importância para a população, e percorremos mais de 26 municípios em cinco meses de trabalho, levando o Projeto de Judô Esperança Olímpica e compartilhando os anseios da população do nosso interior, que não são poucas”, explica o parlamentar.

Segundo Marcio Fernandes, que também é líder do PTdoB na Casa de Leis para o partido, particularmente, esse semestre também foi promissor, pois grandes vitórias foram alcançadas. “Antes eu era o único deputado do PTdoB no MS. Hoje, já somos três. Temos 29 vereadores espalhados pelo interior e Capital, ainda dois prefeitos de cidades importantes como Bonito e Chapadão do Sul.

Ele explica que dentre as várias indicações feitas nesse semestre, três merecem destaque, a entrega de um caminhão de combate a incêndio ao Aeroporto Regional de Bonito. Marcio Fernandes conta que fez a solicitação em reunião com o governador André Puccinelli (PMDB) dia 6 de junho e o veículo foi entregue no dia 11 de julho. Outra indicação contempla o agronegócio e fomenta o esporte equestre, foi requerido que fosse isento de nota fiscal o trânsito de cavalos que participam de competições, cavalgadas e ou desfiles, e depois de analisado pelo governo do Estado o pedido, foi publicado o Decreto n° 13.661, de 21 de junho de 2013.

O fato também de ter sido autorizado um concurso público para a que polícia militar do estado aumente o efetivo na fronteira, faz parte das solicitações do deputado. Desde o início do ano, através de alguns pedidos feitos por um vereador de Ponta Porã, Marcio Fernandes vem se reunindo com a SEJUSP para repassar sua preocupação também com a segurança pública.

Nesse primeiro semestre de 2013, foi implantado polos do projeto de judô Esperança Olímpica em 26 municípios. O projeto, existente desde 2007, já atende mais de 3,5 mil crianças que estão regularmente matriculadas nas redes municipais e estaduais de ensino. Os judocas recebem quimonos e o polo é equipado com tatame. As aulas são ministradas por educadores físicos formados em judô com faixa preta. “Poder ajudar, através do judô, essas crianças e adolescentes com o Esperança Olímpica é o que mais me deixa feliz. Eu pratico judô desde os cinco anos e sei como é importante para melhorar a disciplina e o rendimento escolar”, argumenta.

Marcio Fernandes ressalta três projetos de lei que foram sancionados ou promulgados como foi o caso da Lei 4.362 que proíbe a prática da frisagem de pneus no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul. A lei foi promulgada e publicada no dia 17 de junho no DOE (Diário Oficial do Estado de Mato Grosso do Sul), a Lei 4.342 que dá nome a rodovia MS-430, trecho que liga o município de São Gabriel do Oeste ao município de Rio Negro recebeu o nome de Balduino Maffissoni, homenageando uma grande personalidade da região, a Lei n.4386 que dá o cognome de Capital do Frango ao município de Água Clara irá fomentar ainda mais o agronegócio e o turismo daquela região.

Na área de saúde, o Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita comemorado no dia 12 de junho, este ano foi festejado na Assembleia Legislativa, o deputado Marcio Fernandes promoveu um café da manhã em alusão a data, participaram médicos pediatras e profissionais da saúde, além de famílias de crianças portadoras de cardiopatia que puderam contar suas histórias e receber apoio da comunidade. O deputado é autor da Lei n° 4.131/11 que obriga os hospitais e maternidades da rede publica e privada a fazer o Teste do Coraçãozinho (oximetria de pulso). Mato Grosso do Sul foi o primeiro estado a ter a obrigatoriedade do teste.

Emendas parlamentares também foi assunto abordado neste semestre. Foram atendidos diversos, prefeitos, vereadores e entidades. E pelo menos 15 municípios serão contemplados com recursos de emendas parlamentares nas áreas de saúde, educação e assistência social.