Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Política

Paulo Duarte é consenso para presidir o PT Regional em MS

Paulo Duarte considerou um momento histórico na legenda ao obter um consenso legítimo, em que as lideranças apoiaram seu nome para a presidência do Diretório.

Assessoria

15 de Julho de 2013 - 13:53

O Prefeito de Corumbá Paulo Duarte é o nome de consenso para presidir o Diretório Regional do PT em Mato Grosso do Sul. As lideranças do Partido dos Trabalhadores se reuniram na manhã de hoje, dia 15, no escritório do Deputado Antonio Carlos Biffi, na Capital, e decidiram pelo nome do ex-deputado para unir as forças políticas em prol da candidatura do Senador Delcídio do Amaral a governo do Estado.

A reunião coordenada pelo deputado federal Biffi durou cerca de duas horas e contou com a presença das principais lideranças das correntes internas do partido em MS, como o deputado federal Vander Loubet, os deputados estaduais Amarildo Cruz e Pedro Kemp; o ex-governador e vereador da Capital, Zeca do PT, os ex-deputados João Grandão e Pedro Teruel; o atual presidente do Diretório Regional, Marcus Garcia, dentre outros nomes históricos do PT sul-mato-grossense.

Paulo Duarte considerou um momento histórico na legenda ao obter um consenso legítimo, em que as lideranças apoiaram seu nome para a presidência do Diretório.

“É uma grande honra dirigir o partido no Estado. A decisão de hoje demonstra que o PT vai marchar unido com o propósito de voltar a administrar o Mato Grosso do Sul”, declarou ele, complementando que vai realizar uma gestão colegiada e participativa na busca do fortalecimento do partido no estado.

Para Biffi, a disputa interna não seria produtiva para o PT, considerando que o partido apresenta o melhor projeto para as eleições de 2014, com a candidatura do Senador Delcídio do Amaral ao governo do Estado e à reeleição da Presidenta Dilma Roussef.

“Temos que refletir sobre as circunstâncias atuais e pensar em projetos que atendam às necessidades da população. Esta decisão vai nos fortalecer para disputarmos as próximas eleições. Precisamos seguir avançando”, ressaltou o deputado.

As eleições internas do PT acontecem no próximo mês de novembro. Conforme Biffi, depois do consenso para o Diretório Regional, abre-se o diálogo para evitar a disputa também nos diretórios municipais.