Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 2 de Dezembro de 2021

Política

PDT reúne vereadores para discutir sucessão de 2014 e afinar discurso

Conforme Schimidt, o encontro é para em primeiro lugar manter contato direção estadual com os municípios e fechar um discurso comum a todos.

Midiamax

14 de Agosto de 2013 - 15:20

O PDT (partido da Democracia Socialista) promove reunião com vereadores da sigla nesta quarta-feira (14) para discutir a sucessão 2014 e afinar o discurso. Segundo o presidente regional, João Leite Schimitd, primeiro serão os vereadores e depois prefeitos, ex-prefeitos, vices e demais lideranças de um modo geral. Schimidt disse que para as eleições é preciso que todos esteja na mesma trincheira.

Conforme Schimidt, o encontro é para em primeiro lugar manter contato direção estadual com os municípios e fechar um discurso comum a todos. “Temos um projeto político em 2014 e para isso temos quês estar na mesma trincheira. Por isso vamos definir o que será feito já que um partido só se impõem em uma aliança possível se estivermos unidos”, pontuou.

O vereador Paulo Pedra declarou que o encontro é muito importante e vai unir o partido. “Vamos nos acertando para as eleições para deixar claro que os partidário do PST devem apoiar os companheiros do PDT, sob pena de serem expulsos. Vamos discutir a sucessão com base nas bandeiras do partido, como federalização da educação em tempo integral, a defesa dos trabalhadores, bem como outras bandeiras pragmáticas do PDT”, pontuou.

O ex-senador Valter Pereira, que se filiou há pouco mais de um mês no partido disse que está se sentindo bem na legenda, que hoje é comandado por ‘um companheiro’ de vida política. Para Valter, o partido leva em conta o sentimento dos integrantes para as tratativas. “A reunião vai definir o estado de espírito que orienta os vereadores e a partir desse sentimento levar em conta o pensamento de todos com vistas as tratativas que serão desdobradas”, afirmou.

A reunião teve início por volta das 10h e segue durante toda a tarde. Ao fim do encontro será elaborada a carta de campo grande, dizendo qual o alinhamento para o partido fechar alianças. “O posicionamento não é sobre o que queremos como coisa pessoal, mas objetivos a luz do dia, com compromissos que um projeto político tem que ter para atrair o PDT. Claro que passa pela educação integral. Alem de saúde de qualidade, segurança e outros”, finalizou Schimidt.