Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Política

Secretário de Finanças deve deixa o cargo e Guaraci Fontana orienta ajustes

As linhas gerais desta reforma e os ajustes que estão sendo promovidos para devolver à Prefeitura equilíbrio nas suas contas, foram formulados por Guaraci Fontana

Flávio Paes/Região News

14 de Julho de 2013 - 22:35

Prestes a completar o tempo de serviço para se aposentar, o secretário municipal de Finanças, Raul Savaris, vai deixar o cargo e por enquanto não há definição de quem o sucederá na pasta que a partir da “reforma administrativa” pode ter sua atuação reforçada com a incorporação das atribuições da Secretaria de Administração.

 

As linhas gerais desta reforma e os ajustes que estão sendo promovidos para devolver à Prefeitura equilíbrio nas suas contas, foram formulados pelo agente tributário Guaraci Fontana, durante 12 anos homem forte das administrações Reinaldo Azambuja e Maurilio Azambuja, em Maracaju.

Todas as decisões financeiras e administrativas na Prefeitura passarão pelo crivo de Guaraci, que é dono de uma empresa de consultoria. Ainda não está definida se ele atuará nos bastidores como consultor do prefeito ou assumirá a Secretaria de Finanças.

 Secretário de Finanças deve deixa o cargo e Guaraci Fontana orienta ajustes

O cenário das finanças da Prefeitura levantado por Guaraci convenceu o prefeito Ari Basso a promover cortes que resultarão nas demissões que poderão chegar até 400 funcionários. Hoje a folha de pagamento, R$ 4,3 milhões, compromete 56% da receita líquida de R$ 7,4 milhões, bem acima do limite de 51% fixado pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Com a economia de  R$ 1 milhão, esperada com as demissões e corte de gratificações, a folha cai para R$ 3,3 milhões, reduzindo o comprometimento para  44%. Também por sua orientação, vários serviços serão terceirizados, especialmente na manutenção das estradas.

Hoje, o parque rodoviário  do município está sucateado, os servidores desmotivados pelos baixos salários, tem baixo desempenho. A proposta é a locação de equipamentos (junto com os funcionários) para fazer estes serviços.