Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Maio de 2024

Saúde

Com 9,66% de cobertura, no dia `D`, Saúde aplica 105 doses de vacina contra gripe

Em Sidrolândia, onde a campanha foi antecipada e começou dia 20 de março, já foram imunizadas 1.720 pessoas.

Redação/Região News

15 de Abril de 2024 - 07:10

Com 9,66% de cobertura, no dia `D`, Saúde aplica 105 doses de vacina contra gripe
Vacina contra a influenza. Foto: Divulgação.

O dia “D" da vacinação contra influenza realizado no sábado, atraiu só 105 pessoas que foram imunizadas no CEM (Centro de Especialidades Médicas) onde funcionou o posto de vacinação.

Em Sidrolândia, onde a campanha foi antecipada e começou dia 20 de março, já foram imunizadas 1.720 pessoas, cobertura de 8,8% numa população de 19.623 habitantes.  A campanha vai até o dia 31 de maio. Neste ano já houve o registro de 7 casos de H1N1, um deles em Sidrolândia.

O resultado até aqui é ligeiramente abaixo do cenário estadual, que já atingiu 9,66% de cobertura, com 103.074 doses aplicadas. No ranking estadual, Sidrolândia está em 10⁰ lugar, atrás de cidades com população menor, no caso de Jardim (em 8º lugar com 2.203 doses aplicadas) e Aquidauana (em 6⁰ lugar com 2.973 pessoas imunizadas).

Este nível de cobertura com a vacinação sendo levada às terras indígenas vai aumentar. De 2.772 pessoas que devem ser imunizadas, só 58 (2,06%) receberam a vacina. Só dois índios desaldeados foram atendidos, num universo de 1.669 habitantes. A maior cobertura parcial é entre os idosos (743 doses aplicadas, 11,38%) e crianças (373 vacinados, 10%).

Sintomas 

A Influenza ou gripe é uma doença causada pelo vírus Myxovirus influenzae e se divide nos tipos A, B e C. Os dois primeiros são mais propícios a acarretar epidemias sazonais em diversas localidades do mundo, enquanto o último costuma provocar casos mais leves.

Segundo a coordenadora estadual de Vigilância Epidemiológica da SES, Ana Paula Rezende de Oliveira Goldfinger, para este ano o Ministério da Saúde abriu a vacinação para todos os públicos.

Sintomas da influenza

Os sintomas mais recorrentes são febres, calafrios, tremores, dores de cabeça, tosse seca, dor de garganta e coriza. O vírus é transmitido facilmente por gotículas de secreções expelidas por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar.

Prevenção

Para reduzir os riscos de adquirir ou transmitir a influenza, a Saúde recomenda a higienização frequente das mãos, principalmente antes de consumir algum alimento e após tossir ou espirrar. Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, e procurar assistência médica caso os sintomas persistam por mais de sete dias são medidas importantes.