Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 4 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Abertura do Showtec em Maracaju valoriza setor primário

O anfitrião, presidente da Fundação MS, Luiz Carlos Moraes Novaes reafirmou a missão da entidade de levar inovação ao campo.

Famasul

22 de Janeiro de 2014 - 14:09

“Temos produtores rurais que não têm medo, que enfrentam e sustentam a economia de Mato Grosso do Sul”. A afirmação é da vice-governadora do Estado, Simone Tebet, na abertura do Showtec 2014, em Maracaju, na manhã desta quarta-feira (22).

Falando para uma mesa repleta de parlamentares, Simone valorizou o papel do homem do campo e reforçou que o Estado é um dos cinco que mais produzem grãos. “Se temos as duas maiores indústrias de celulose do mundo é porque alguém planta floresta. (...) Se Mato Grosso do Sul é forte é porque temos uma economia primária que dá sustentação”, afirmou. A vice-governadora pediu à bancada parlamentar empenho para aumentar os recursos do FCO Rural e enfatizou o papel da Fundação MS, organizadora do evento, no suporte ao produtor.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul), Eduardo Riedel, chamou a atenção para as lideranças do evento, afirmando que o futuro governador do Estado estava entre os presentes. “O que demonstra a relevância do setor, que se expande com segmentos como de papel e celulose e sucroenergético”.

Citando o lançamento oficial da safra de soja, ocorrido no dia anterior, e a perspectiva de colheita de 6,1 milhão de toneladas da oleaginosa, Riedel destacou que o Estado vai exportar US$ 5 bilhões em produtos agropecuários. Mesmo com esses resultados, o produtor se sente desamparado diante das inseguranças que administra, afirmou. “Terminei o ano cansado de ver tanta ilegalidade. Não é possível que em pleno Século XXI tenhamos tantos atropelos”, disse. “O homem do campo conquistou seu espaço, mas o País está devendo a ele uma resposta”, afirmou, referindo-se aos litígios de terra.

O anfitrião, presidente da Fundação MS, Luiz Carlos Moraes Novaes reafirmou a missão da entidade de levar inovação ao campo. “Os resultados das pesquisas precisam ser divulgados para que o produtor possa levar para sua propriedade aquilo que efetivamente traz resultados”. Também presente no evento, o senador Delcídio do Amaral deu enfoque para a necessidade de resolução da questão indígena, garantindo ao homem do campo tranquilidade para produzir.

O senador Valdemir Moka reforçou a integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) como um caminho eficiente para a produção agrícola que já está sendo seguido pelo Estado e que deve ser estendido para o País.  A abertura do Showtec também teve presença de vários integrantes das bancadas estadual e federal, além de lideranças do setor rural do Estado.

 Esta é a 18ª edição do Showtec, evento promovido pela Fundação MS, com parceira da Aprosoja/MS, da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul) e mais quinze instituições. Nesta edição, o tema é ‘Inovação tecnológica nas mãos do produtor rural'. O evento é destinado aos produtores e empreendedores rurais, técnicos agrícolas, acadêmicos, entre outros.

O estande do Sistema Famasul apresentará o Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio de MS (Siga Web), desenvolvido pela Aprosoja MS e o Programa Soja Plus. Haverá  também a demonstração do sistema intensivo de produção de leite, conhecido como Free Stall, elaborado pelo Senar/MS.