Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Sidrolandia

Acordo fixa em R$ 1.036, piso salarial dos trabalhadores rurais

Para os trabalhadores rurais que recebem acima do mínimo rural vigente, o reajuste fixado será de 6%, desde que o valor final não fique abaixo do piso estabelecido na data de hoje.

Famasul

22 de Fevereiro de 2017 - 10:11

A partir do dia 1º de março, o piso salarial do trabalhador rural de Mato Grosso do Sul será de R$ 1.036, com vigência até 28 de fevereiro de 2018. O reajuste de 7,6% sobre o valor atual, de R$ 963, é resultado da negociação entre representantes dos produtores e dos trabalhadores rurais do Estado, realizada na última segunda-feira (20), na sede do Sistema Famasul - Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de MS.

Para os trabalhadores rurais que recebem acima do mínimo rural vigente, o reajuste fixado será de 6%, desde que o valor final não fique abaixo do piso estabelecido na data de hoje.

A negociação terá reflexos para os trabalhadores rurais de todo o Estado, assalariados rurais, permanentes e temporários que exerçam atividades agropecuárias, extrativismo vegetal, extração florestal, atividades de reflorestamento e extração de material lenhoso e os empregados de escritórios de fazendas.

Para o presidente da Federação dos Trabalhadores Assalariados Rurais, Valdemir Nobre de Oliveira, o acordo foi positivo, levando em conta a conjuntura econômica pela qual passa o País, já que se assegurou um piso salarial R$ 99,00 superior ao salário mínimo. “Agora é preciso que os sindicatos filiados divulguem os novos valores e façam cumprir o acordo”.

As informações acordadas na reunião serão disponibilizadas no site da Famasul (www.famasul.com.br), após registro efetuado no Ministério do Trabalho e Emprego.