Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Maio de 2022

Sidrolandia

Agraer participa de reunião com produtores rurais do Distrito de Quebra Coco

A reunião mobilizou mais de 60 pequenos produtores. Todas as questões pautadas serão analisadas pela direção e corpo técnico da Agraer.

Assessoria de Comunicação da Agraer

19 de Novembro de 2015 - 10:00

Interessada em conhecer a demanda da agricultura familiar do Distrito de Quebra Coco, situado a 18 km do município de Sidrolândia, a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) participou por meio de seu diretor-presidente Enelvo Felini de uma reunião com produtores rurais, realizado no último sábado (14).

No encontro, foram tratados assuntos como linhas de crédito do Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar), políticas públicas para fortalecimento da agricultura familiar, cadeia produtiva de alimentos e os eixos de delimitados pelo atual governo do Estado para estimular o desenvolvimento socioeconômico dos pequenos produtores. “Tratamos sobre os cincos eixos a serem fortalecidos na gestão do governador Reinaldo Azambuja, que são: irrigação, terras degradadas, leite, hortifrutigranjeiro e piscicultura”, disse Enelvo.

Segundo Felini, outro ponto abordado dentro da reunião foi a questão do potencial de cultivo da banana no distrito. “Por volta da década de 80 a região foi muito forte nessa linha de produção. Temos interesse em despertar a comunidade para a agricultura e queremos retomar esse plantio”, explicou o diretor-presidente.

A reunião mobilizou mais de 60 pequenos produtores. Todas as questões pautadas serão analisadas pela direção e corpo técnico da Agraer, pesquisadores, técnicos agrícolas e engenheiros agrônomos atuantes nos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater).

Entre as autoridades presentes esteve o subprefeito Reinalvo Cardoso, o secretário Municipal de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente de Sidrolândia, Cezar Queiroz, o presidente da associação do Distrito do Quebra Coco, Francisco Rodrigues Alves e os produtores Gabriel da Cruz, Alirio Francisco, Alzimiro Ramos, João Roberto Pitão, e Juscelino Pereira.