Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 28 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Aposentado atropelado aguarda há quatro dias vaga na Santa Casa

Dirceu fraturou a perna e o punho e precisa passar por cirurgia ortopédica que só pode ser feita em Campo Grande.

Flávio Paes/Região News

12 de Julho de 2014 - 10:10

Mesmo depois de a família ter recorrido ao Ministério Público, a Central de Regulação não autorizou o encaminhamento para Campo Grande do aposentado Dirceu Ferreira, de 69 anos, atropelado por uma motocicleta terça-feira passada, por volta das 11 horas, quando tentava ultrapassar a Avenida Dorvalino dos Santos. 

Dirceu fraturou a perna e o punho e precisa passar por cirurgia ortopédica que só pode ser feita em Campo Grande. O ortopedista que presta atendimento no Hospital Elmiria Silvério Barbosa as segundas-feiras não faz este tipo de cirurgia em Sidrolândia.

A promotoria notificou a direção da entidade mantenedora do hospital determinando a imediata remoção do paciente. A resposta foi rápida: não há condições do cumprimento imediato da determinação. A central de regulação, que controla o fluxo de encaminhamento de pacientes para Capital,  alega que não tem como autorizar a remoção do paciente porque os hospitais  de referência (Santa Casa, Hospital Universitário e Regional) estão superlotados. Embora precisando de cirurgia, o senhor Dirceu está fora de perigo, com quadro estabilizado.