Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 1 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

BNDES aprova R$ 356 milhões para projetos de renovação de canavial

As unidades plantarão 61,8 mil hectares de cana-de-açúcar no noroeste do Estado, dos quais 11,4 mil hectares de novos canaviais e 50,4 mil hectares de reforma de plantações.

Estadão.com

27 de Setembro de 2013 - 10:27

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) aprovou nesta quinta, dia 26, a liberação de mais R$ 356,2 milhões para renovação de canaviais por meio do Prorenova (Programa de Apoio à Renovação e Implantação de Novos Canaviais).

Ao todo, os projetos abrangem o plantio de 83,2 mil hectares nos Estados de São Paulo e Paraná, dos quais 71,5 mil hectares para renovação e 11,7 mil hectares para novos canaviais. Duas usinas do grupo paranaense Usaçúcar (Usina de Açúcar Santa Terezinha e Usina de Açúcar e Álcool Goioerê) receberão R$ 253,2 milhões.

As unidades plantarão 61,8 mil hectares de cana-de-açúcar no noroeste do Estado, dos quais 11,4 mil hectares de novos canaviais e 50,4 mil hectares de reforma de plantações. A Santa Terezinha, de Maringá, é a maior empresa do setor sucroenergético do Paraná e tem capacidade de moagem de 19 milhões de toneladas de cana, divididas em oito unidades industriais.

Além disso, a usina está adquirindo a Goioerê, localizada em Moreira Sales, o que deve adicionar 1,8 milhão de toneladas de cana à capacidade de moagem instalada do grupo.

Também serão destinados R$ 65,1 milhões à Usina São Martinho, que prevê plantio de 13,3 mil hectares de cana nas regiões de Pradópolis e Iracemápolis, ambas em São Paulo.

Já a Companhia Agrícola Quatá, do Grupo Zilor, receberá R$ 37,9 milhões para a renovação de 8,1 mil hectares de canaviais existentes na região de Quatá e Paraguaçu Paulista, também em São Paulo, e que atenderão à unidade industrial Açucareira Quatá.

Neste ano, a carteira total do BNDES Prorenova alcança R$ 1,3 bilhão e plantio de 305 mil hectares (245 mil hectares de renovação e 60 mil hectares de novos canaviais).

O montante supera o observado em todo o ano de 2012, que foi de R$ 1,2 bilhão. A expectativa do banco é de que sejam desembolsados pelo menos R$ 2 bilhões em financiamentos até o fim deste ano.