Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 28 de Novembro de 2021

Sidrolandia

Câmara volta do recesso nesta segunda-feira e prioridade é concluir novo prédio

Segundo o presidente da Câmara, Ilson Peres (PSDB), sua prioridade neste segundo semestre é concluir as obras do anexo que abrigará os gabinetes dos 13 vereadores.

Flávio Paes/Região News

05 de Agosto de 2013 - 07:39

Os vereadores de Sidrolândia voltam às atividades parlamentares nesta segunda-feira depois do recesso de julho.  O Executivo deve protocolar ainda de manhã alguns projetos que devem gerar polêmicas.  Uma das propostas é o de reparcelamento de uma dívida de R$ 2,3 milhões com o Previlândia, referentes á contribuições que a Prefeitura não recolheu ao Instituto Municipal de Previdência no período de novembro e dezembro, de 2012  e de janeiro e a maio deste ano.

A expectativa é de debates acalorados em função das medidas de ajustes que a Prefeitura adotou nos últimos 30 dias com a demissão de 160 funcionários, redução de gratificações, enxugamento do bolsa universitária e do transporte universitário, com a exclusão de 90 alunos do EJA.

Segundo o presidente da Câmara, Ilson Peres (PSDB), sua prioridade neste segundo semestre é concluir as obras do anexo que abrigará os gabinetes dos 13 vereadores e um plenarinho. “Queremos começar 2014 com tudo organizado. O mobiliário e os computadores foram comprados e só não foram instalados no  anexo  porque a obra apresentou problemas no sistema de calhas, que provocou o alagamento de alguns gabinetes depois de uma chuva mais forte”, comenta.

A construção foi iniciada na gestão do ex-presidente Jean Nazareth (PT), em 2012 e chegou  a ter uma inauguração provisória. As obras ficaram paradas mais de cinco  meses e foram retomadas em maio. Será preciso gastar mais de R$ 400 mil para deixar a construção em condições de uso. O anexo tem 732 metros quadrados de área construída e a obra foi orçada inicialmente em R$ 699 mil.

Como medida emergencial, desde maio, os gabinetes de nove vereadores foram improvisados em salas alugadas na Galeria Augusta. No prédio do Legislativo na Avenida Antero Lemes da Silva, permaneceram os quatro integrantes da Mesa Diretora, o presidente da Câmara Peres (PSDB), o vice-presidente, Sérgio Bolzan (PT); Cledinaldo Cotócio (PP) 1º Secretário; e Maurício Anache (PSDB) 2° Secretário.