Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 3 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Como alternativa após isolamento, Exército monta passarela em Aquidauana

Ao menos, 140 famílias foram removidas da margem do rio. Porém, 265 famílias moram no local e algumas se recusam a deixar o local.

Campo Grande News

04 de Março de 2011 - 18:00

Depois do fechamento da Ponte Velha no início da tarde de hoje, o que deixou Aquidauana isolada, militares do Exército estão construindo uma passarela alternativa próxima à Ponte Nova para utilização de pedestres.

Segundo o site O Pantaneiro, a passarela será montada na Rua Teodoro Rondon, que liga Aquidauana a Anastácio, município vizinho. A montagem da estrutura é feita sob barcos, que ficam dispostos próximo da Ponte Nova

Na Ponte Nova, apenas o trânsito de veículos pesados é permitido, e em comboios. De acordo com o Corpo de Bombeiros, há o risco da correnteza arrastar veículos leves.

Pela última medição feita na manhã de hoje, o rio Aquidauana estava com 9,48 metros de altura. Ao meio-dia, a régua foi coberta pela água.

Ao menos, 140 famílias foram removidas da margem do rio. Porém, 265 famílias moram no local e algumas se recusam a deixar o local.