Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Sidrolandia

Depois de um ano da entrega dos lotes, Incra assina contrato para construção de 15 casas no Nazaré

O superintendente interino do Incra, Sidney Ferreira de Almeida, esteve no assentamento para assinar estes contratos com a Caixa Econômica Federal.

Flávio Paes/Região News

16 de Novembro de 2015 - 08:43

Depois de um ano de posse dos lotes, morando em barracos, pelo menos para 15 das 171 famílias do Assentamento Nazaré passaram a contar com a perspectiva de ainda no primeiro trimestre de 2016, estar morando numa casa.

O superintendente interino do Incra, Sidney Ferreira de Almeida, esteve no assentamento para assinar estes contratos com a Caixa Econômica Federal, que vai custear as moradias com recursos do programa Minha Casa Minha Vida Rural. Este foi o primeiro grupo que conseguiu se organizar numa associação de moradores, que terá a missão de gerenciar e acompanhar o andamento das obras.

O assentamento que mereceu até a visita do presidente do Incra, que em plena campanha eleitoral, veio pedir votos para a presidente Dilma Roussef, quando foi criado em setembro do ano passado, havia promessa de que a infraestrutura chegaria rapidamente. A realidade se mostrou bem diferente.

As famílias foram colocadas dentro dos lotes sem nenhuma estrutura (água, energia, estradas), que só agora começa a chegar. Para que fosse instalada a rede de energia, a Prefeitura abriu de forma precária 22 quilômetros de estradas vicinais, que corresponde a menos de 10% da malha viária prevista, orçada em R$ 3,3 milhões. Há uma promessa da Funasa de perfurar três poços artesianos, mas falta viabilizar R$ 700 mil para a implantação da rede de água.