Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Educação Profissional amplia para 3,3 mil vagas neste ano

Podemos dizer que 98% da educação profissional em Mato Grosso do Sul são com investimentos exclusivos do governo estadual”, analisa.

MS Noticias

12 de Janeiro de 2011 - 13:41

Em 2011 a Educação Profissional oferecida pela Rede Estadual de Ensino se expande e oferece 3.300 vagas. A modalidade de ensino já atende 28 municípios em 45 escolas e com 23 opções de cursos, de acordo com dados da Coordenadoria de Educação Profissional (Coep) da Secretaria de Estado de Educação (SED). Segundo o coordenador da Coep, Hildney Alves de Oliveira, em todo o Estado estão previstas 55 turmas de educação técnica de nível médio e outras 18 de Curso Normal Médio.

“Hoje, com esta expansão, temos 3.300 novas vagas para educação profissional em todo o Mato Grosso do Sul”, reforça o coordenador Hildney. Em 2010 a educação profissional atendeu a 1.871 alunos e outros 910 no Curso Normal Médio – destinado para a formação de professores. “Vamos expandindo a grandes passos com recursos do tesouro estadual. Temos também o Proeja, do governo federal, mas este não se expandiu – continuamos ofertando três cursos do projeto. Podemos dizer que 98% da educação profissional em Mato Grosso do Sul são com investimentos exclusivos do governo estadual”, analisa.

A novidade para 2011 é a abertura de novas ofertas de educação profissional e para o Curso Normal Médio. Na Capital a Escola Estadual Hercules Maymone já está com inscrições abertas para os cursos técnicos de Meio Ambiente e de Administração, ambos integrados ao ensino médio. “Estes cursos têm duração de três anos e os alunos aliam o ensino médio com a educação profissional, ou seja, ao final do curso eles saem com os dois certificados”, explica Hildney.

Dos 55 cursos com inscrições abertas no Estado, 18 são integrados ao ensino médio, destes, três são integrados ao Ensino de Jovens e Adultos (EJA). Somente na Capital oito escolas oferecem cursos de educação profissional, incluindo o Centro Estadual de Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima.

Conforme o coordenador de Educação Profissional, Hildney de Oliveira, os cursos mais procurados são os de técnico em cozinha, técnico em açúcar e álcool (oferecido somente no interior), vendas, eletrotécnica e normal médio.

Dez municípios que não ofertavam turmas da educação profissional já têm vagas abertas para este ano, são eles: Aquidauana, Camapuã, Cassilândia, Corumbá, Costa Rica, Deodápolis, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, São Gabriel do Oeste e Sidrolândia. Além destes municípios, outros também recebem pela primeira vez o curso normal médio.

“É, sem dúvida, um diferencial ter um curso técnico. A Rede Estadual capacita muito bem seus alunos que saem da escola com uma boa base teórica e prática, o que abre portas para o mercado de trabalho e oferece grandes chances de aprovação em algum concurso público”, avalia Hildney.

As inscrições para a Educação Profissional estão abertas até sexta-feira (14). “Nos municípios maiores as matrículas podem ser feitas na Central de Matrículas e nas cidades menores diretamente nas secretarias das escolas que irão oferecer um curso”, orienta. No site da Secretaria de Educação (www.sed.ms.gov.br) está disponível a lista completa de escolas que terão turmas para a modalidade de ensino técnico. Para tirar dúvidas ou obter mais informações, a Coordenadoria de Educação Profissional disponibiliza os telefones 3318-2203 e 3318-2303.