Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 20 de Junho de 2021

Sidrolandia

Em meio a dificuldades financeiras, Prefeitura comemora retomada de 8 obras

Ari Basso comemora a retomada de oito frentes de obras nas áreas de saúde, educação, habitação, além da iluminação pública e meio-fio da Avenida das Flores.

Flávio Paes/Região News

26 de Agosto de 2013 - 09:31

Foto: Marcos Tomé/Região News

Em meio a dificuldades financeiras, Prefeitura comemora retomada de 8 obras

Em meio a uma fase de turbulência financeira, que torna inevitável promover demissões, cortar gratificações para ajustar os gastos com pessoal aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal, entrando agora no seu sexto mês, a administração Ari Basso comemora a retomada de oito frentes de obras nas áreas de saúde, educação, habitação (em parceria com o Governo do Estado), além da iluminação pública e meio-fio da Avenida das Flores, acesso ao Parque de Exposição. 

“Este primeiro ano será de ajuste”, destaca o assessor especial do Governo, Enelvo Felini, que reclama da “herança” de dívidas herdadas do ex-prefeito Daltro Fiuza, além de alguns nós burocráticos e jurídicos que estão impedindo a retomada de obras como a pavimentação do Bairro Sol Nascente e a conclusão do prolongamento da Avenida Antero Lemes.

Embora esteja com dinheiro em caixa desde o ano passado, a Prefeitura só conseguiu iniciar na semana passada a construção do centro de educação infantil  do Bairro Santa Marta, que chegou a ter a ordem de serviço das obras assinada em novembro do ano passado. A Policon Engenharia, empresa que venceu a licitação, desistiu do serviço e foi necessário promover uma nova concorrência pública, da qual saiu vencedora a Construtora São Braz  que vai construir a creche ao custo de R$ 1.762.733,53, abaixo do orçamento anterior de R$ 1.820.615,02.   A expectativa é que o CEINF fique pronto no primeiro trimestre de 2014.

A creche terá capacidade para 250 crianças de 0 a 6 anos numa região onde a Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, está construindo 106 casas populares. Este Ceinf de 1.211,92 metros quadrados é no mesmo padrão do construído no Bairro Cascatinha, o Sonho de Criança inaugurado há dois anos.

Dentro de no máximo oito meses, ou seja, provavelmente em abril de 2014, 90 dias depois de iniciado o ano letivo, a Prefeitura de Sidrolândia espera inaugurar as escolas dos assentamentos Eldorado e Barra Nova que também foram retomadas após mais de um ano de paralisação.  A Construtora Rio Negro abandonou o serviço e foram necessárias novas licitações.

A do Barra Nova será concluída pela Sadi Construtora e a PNS Comércio e Construções fará a do Eldorado. A Sadi Construtora espera concluir o serviço em oito meses ao custo de R$ 386 mil, embora, haja brecha legal para um eventual aditivo para ampliar este valor. São quatro salas de aula, cantina, dependências administrativas, somando 785 metros quadrados de área construída.

A licitação para a Escola do Eldorado, orçada em R$ 445 mil, teve duas concorrentes, a própria Sadi Construtora que teve sua proposta vencida (R$ 442 mil para terminar a obra) pela da PNS Comércio e Construção, vencedora da concorrência, que apresentou orçamento de R$ 439 mil. São 851 metros quadrados de construção, com seis salas de aula.