Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Familiares e amigos viajam para Belo Horizonte torcer pela Miss Mato Grosso do Sul Patrícia Machry

Cerca de 30 pessoas estão seguindo viajem no ônibus do Vacaria Transporte e Turismo, serão 22 horas de viajem e percorrer aproximadamente 1.453 km para torcer por Patrícia Machry

Franciane Trindade/Região News

28 de Setembro de 2013 - 09:00

Viajaram na noite desta sexta-feira (27) a caravana organizada pela família e amigos da sidrolandense e Miss Mato Grosso do Sul, Patrícia Isabel Machry Barbosa, de 20 anos, que vai representar a beleza sul-mato-grossense no Miss Brasil 2013, concurso que acontece neste sábado em Belo Horizonte.

Cerca de 30 pessoas estão seguindo viajem no ônibus do Vacaria Transporte e Turismo, serão 22 horas de viajem e percorrer aproximadamente 1.453 km para torcer por Patrícia Machry que esta na capital mineira desde o dia 15 de setembro se preparando para o evento.

O prefeito Ari Basso, acompanhado da primeira dama Marlene Basso também vai acompanhar o concurso mais de perto, o casal já viajou para Belo Horizonte. Ari Basso acredita que Patrícia tem todas as condições de sagrar-se Miss Brasil e representar o país na Miss Universo.

Já na cidade natal (Sidrolândia) a estudante de fisioterapia, filha de produtor rural e que gosta de andar a cavalo, não vai subir na passarela só. Com ela, pelo menos no coração, a torcida de um povo que a viu crescer e que vai acompanhar todos os detalhes deste evento através de um telão gigante que esta sendo montado na feira do produtor no calçadão do complexo esportivo Brizolão.

O custo da estrutura será bancado pela prefeitura que também tem dado suporte para que a candidata sidrolandense participe do evento. No local e será montado o painel de led de 12 m² e de alta definição com o empresário Jacson Roberto Zielinski, dono da empresa Pegada Sonorização e Geradores.

O telão será erguido num recuo de 5 metros da rua Distrito Federal, cruzamento com a rua Amazonas possibilitando visibilidade em toda extensão da feira. O empresário alerta que para melhor qualidade de imagem, como se trata de um equipamento como medidas especiais, a distância mínima da tela em que o telespectador deve ficar é de 7 metros.