Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Funasa de MS realiza reuniões para dar mais celeridade a convênios

Os seis servidores de três setores diferentes integram o grupo que busca a melhor alternativa para dar mais celeridade aos processos.

Assessoria

01 de Outubro de 2013 - 13:45

O Núcleo Intersetorial de Cooperação Técnica (Nict) da Superintendência Estadual da Funasa de Mato Grosso do Sul realizou novas reuniões neste mês de setembro. Com o objetivo de solucionar pendências em convênios que tratam de Planos Municipais de Saneamento Básico (PMSB) e orientar os proponentes. Os seis servidores de três setores diferentes integram o grupo que busca a melhor alternativa para dar mais celeridade aos processos.


A coordenadora geral do Nict, Ivete Oshiro, que exerce a função de técnica no Serviço de Convênios da Funasa de MS, debateu com o grupo do Nict as ações que devem ser desenvolvidas para sanar as pendências dos pleitos debatidos. As decisões do grupo são encaminhadas ao superintendente da Funasa de MS, Pedro Teruel, que autoriza as ações.


A primeira reunião aconteceu no último dia 11.09, com o objetivo de discutir o convênio 255/09 de Bela Vista que contempla a criação do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB).  A prefeitura solicita prorrogação de prazo para dar início às atividades. A Funasa sugeriu o envio imediato do primeiro relatório de atividades, bem como seu prosseguimento, para que o plano seja finalizado com o recebimento da segunda parcela de recursos.


Na segunda reunião, no dia 20.09, os municípios de Ribas do Rio Pardo e Nioaque foram o tema. O primeiro município solicita prorrogação de prazo para execução de itens do convênio 123/11 que ainda não foram entregues.  O Nict concedeu uma prorrogação de mais 120 dias do prazo de vigência , a partir do término que se dará em 30.12 desse ano.


Segundo Ivete Oshiro, coordenadora geral do Nict, o convênio 120/11 de Nioaque necessita de ajustes nas planilhas de preços para dar continuidade na execução dos trabalhos. O Núcleo enviará técnicos para ouvir a comprovação dos argumentos do município, realização de supervisão financeira da Funasa e sugerir a unificação das tabelas.


“A ação dos servidores que integram o Nict reflete o empenho que vem sendo aplicado pela celeridade dos convênios que a Instituição tem com os municípios e governo do estado. O apoio técnico da Funasa de MS está sempre à disposição dos proponentes para tirar duvidas”, declarou o superintendente a Funasa de MS, Pedro Teruel