Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 23 de Junho de 2021

Sidrolandia

Funasa e governo estadual lançam pacote de recursos para saneamento

Entre as obras são numeradas cinco de SAA, sendo uma ampliação e quatro implementações, e mais 18 de SES, três implementações e 15 ampliações.

Assessoria

30 de Agosto de 2013 - 16:40

A Fundação Nacional de Saúde liberou para Mato Grosso do Sul mais de 36 milhões em recursos para obras de saneamento básico para municípios do interior. Os valores foram lançados na tarde da última quinta-feira, 29.08, no prédio da Governadoria do Estado em anúncio de investimentos que compõem o MS Forte 2. No ato, o superintendente da Funasa de MS, Pedro Teruel, representou o presidente da Instituição, Gilson Queiroz.

Para implementação e melhorias nos Sistemas de Abastecimento de Água (SAA) e Sistemas de Esgotamento Sanitário (SES) de 22 municípios do Estado, a Funasa liberou o investimento que totaliza R$ 36.749.164,30. São 24 ações em saneamento que contabilizam cinco entregas de obras, três assinaturas de ordem de serviço, três em processo de licitação, 13 assinaturas de ordem de serviço provenientes de emendas parlamentares.

Entre as obras são numeradas cinco de SAA, sendo uma ampliação e quatro implementações, e mais 18 de SES, três implementações e 15 ampliações. Os municípios contemplados com importâncias de maior valor foram Iguatemi, Nova Andradina e Aparecida do Taboado, com mais de quatro milhões cada.

A empresa de saneamento do Estado, Sanesul, também faz parte dos benefícios anunciados no evento. O governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, em seu pronunciamento elogiou a boa e competente administração da Funasa e Sanesul que trabalham pelo saneamento no Estado, e parabenizou os municípios que conquistaram seus benefícios.

O prefeito de Coxim, Aluizio São José, representou os contemplados e afirmou que essas são políticas públicas importantes para a otimização dos recursos. “Investindo em saneamento é possível economizar no que é destinado à saúde, afinal menos pessoas ficarão doentes e menos recursos públicos precisarão ser investidos nos postos de saúde e hospitais”, afirma o prefeito.

O superintendente da Funasa de MS, Pedro Teruel, relata que esses investimentos são importantes para o desenvolvimento dos municípios do Estado. “O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), responsável por grande parte dos recursos, é um apoio importantíssimo para o fomento das ações de saneamento em Mato Grosso do Sul. E também é importante o apoio da bancada federal que nos auxilia a trazer esses recursos para a população que necessita destes serviços”, destaca Teruel.