Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 15 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Funasa em MS recebe novos servidores para reforçar as atividades

São três engenheiros e uma economista que auxiliam os trabalhos da Fundação no estado, em processos de obras que estão com pendências ou atrasos.

Assessoria

21 de Março de 2014 - 15:43

O superintendente em exercício na Superintendência Estadual da Funasa em Mato Grosso do Sul, Aristides Ortiz, reuniu nesta terça-feira, 18.03, os quatro novos servidores recebidos na Instituição. São três engenheiros e uma economista que auxiliam os trabalhos da Fundação no estado, em processos de obras que estão com pendências ou atrasos.

Alessandra Oliveira, Igor Braun, Ana Paula Alvarenga e Juliana Costa, respectivamente, economista e engenheiros, são servidores em contrato temporário, aprovados no Processo Seletivo Simplificado Funasa/CESPE/Unb de 2013. Na reunião, cada servidor falou de suas expectativas de estar fazendo parte da equipe da Funasa em MS e colaborando para o desenvolvimento da missão da Instituição.

Os engenheiros que passam a integrar a equipe da Divisão de Engenharia e Saúde Pública (Diesp) fazem um balanço das impressões que tiveram nesses dois meses de trabalho, “estou gostando de fazer parte dessa Instituição, pena que este contrato é temporário”, afirma Igor Braun. Juliana Costa ressalta que está feliz na Funasa, formada há mais de 10 anos, revelou que o saneamento é sua área, o que gosta de fazer, “vocação não falta”, alega.

Já Ana Paula Alvarenga salienta: “estou aqui há pouco tempo, mas já tive ótimas oportunidades de aprendizado, inclusive em uma viagem com o engenheiro Mário Gobara, um dos mais experientes da Diesp, que colabora muito conosco. Ajudar a desenvolver as obras, fazer as visitas, é importante, para mim é uma satisfação pessoal promover a saúde”.

Alessandra Oliveira é economista e exerce a função de analista no Serviço de Convênios (Secon). Para ela, está sendo uma grande aprendizagem, “embora alguns pensem que o Secon serve apenas para aprovar ou não processos, temos aspectos burocráticos em nossa rotina de trabalho, vemos uma série de situações diferentes que merecem atenção especial. É um trabalho um pouco complexo, mas estou sendo muito bem orientada pelos colegas do setor”.

O superintendente em exercício na Funasa em MS, Aristides Ortiz, conduziu a reunião falando sobre as obras, processos e suas dificuldades, que vai precisar desses novos colaboradores para auxiliar a sanar pendências.

“Normalmente a população não costuma associar diferença que representa para a saúde de todos terem um sistema de esgotamento sanitário, por exemplo. E nossa missão aqui é levar trabalhos de qualidade para o Mato Grosso do Sul, fazendo com que a Funasa seja conhecida pela importância que representa para a saúde pública”, declara Ortiz.