Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 25 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Governador destaca em feira a importância da agricultura familiar para a distribuição de renda

O evento acontece no parque de exposições de Caarapó até domingo (30) e a estimativa de público é de 15 mil pessoas.

Noticias MS

29 de Março de 2014 - 09:53

Com o objetivo de fomentar a agricultura familiar em Mato Grosso do Sul para gerar emprego e renda no campo, o governador André Puccinelli participou na tarde desta sexta-feira (28), em Caarapó, da abertura da 9ª Feira Estadual de Sementes Crioulas, promovida pela Federação da Agricultura Familiar de MS (FAF-MS), em parceria com o governo estadual, através da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, de Produção, de Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur). O evento acontece no parque de exposições de Caarapó até domingo (30) e a estimativa de público é de 15 mil pessoas.

A Feira que tem como tema ‘Fortalecer a Agricultura Familiar é fortalecer a Vida’, promove a troca de experiências práticas para solução de problemas comuns ao homem do campo, além de promover a troca de sementes entre produtores e apresentar novas tecnologias disponíveis no mercado.

Para o governador André Puccinelli, é necessário que o Estado fortaleça a agricultura familiar, pois isso garante melhor distribuição de renda e diminuição dos níveis de pobreza fora dos núcleos urbanos. “Com esta produção agrícola, gera-se mais renda no campo, pois além de tirarem seu sustento, as famílias conseguem incrementar muito sua renda. Com isso, cresce a arrecadação de tributos e o estado cresce como um todo. A sinergia entre os envolvidos faz com que se produza mais”, destacou.

Para o presidente da FAF-MS, Paulo César Farias, a importância do evento se traduz na mostra daquilo de bom que a agricultura familiar produz e oferece para a sociedade. Além disso, o presidente destacou a importância da parceria estabelecida com o executivo estadual, através da Seprotur e da Agraer, para o desenvolvimento do setor em Mato Grosso do Sul.

“A agricultura familiar gera renda, gera vida. E eu gostaria de destacar a importante parceria que temos com o governo do estado, que se mostra uma parceria de confiança e respeito. Temos todos que agradecer ao governo pelo comprometimento com nosso setor. Governo este que já nos proporcionou mais de 5 mil casas, mais de 100 kits de irrigação e 150 máquinas ao logo desses anos”, disse.

O aumento do conhecimento e a troca de informações foi o destaque dado pela secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário, de Produção, de Indústria, Comércio e Turismo, Tereza Cristina da Costa, àqueles que frequentam a feira, que acontece a cada ano em um município diferente.

“Quem participa deste evento sai daqui com mais conhecimento sobre o campo e os meios de produção e isso fortalece muito a agricultura familiar. E temos que destacar que este governo tem feito muito para este setor, dispondo de recursos para que a produção seja pujante e as famílias do campo tenham mais renda e qualidade de vida”, frisou.

De acordo com o prefeito de Caarapó, Mário Valério, é dever do poder público valorizar o homem do campo, principalmente o pequeno produtor que é mais carente de recursos financeiros para manter sua produção e tirar o sustento da terra. O chefe do Executivo municipal afirma ainda que o setor é fundamental para a diminuição da pobreza no campo, trazendo dignidade para as famílias menos favorecidas que vivem longe dos centros urbanos.

“Essa valorização que o governo do estado proporciona é de extrema importância para o agricultor familiar. Isso tira muita gente da miséria e precisamos investir continuamente para que a geração de renda e emprego seja algo comum em nosso município e no estado. E esta administração tem feito isso”.

Habitação rural

Além da abertura do evento, o governador André Puccinelli assinou nesta tarde um protocolo de cooperação com a Cooperativa de Habitação da Agricultura Familiar (Coophaf) que vai viabilizar a construção de 780 unidades habitacionais rurais, através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), em diversos municípios de Mato Grosso do Sul.

Pelo programa, que conta com recursos federais, é possível financiar a aquisição de material para a construção ou conclusão, reforma ou ainda ampliação de casas em área rural. Para a contratação das 700 casas, o Estado vai garantir a contrapartida de R$ 2,45 milhões.

”Já construímos mais de 5 mil casas com estas parcerias e vamos investir nestas novas unidades para que mais famílias sejam beneficiadas. Além disso, com esse recurso, conseguiremos construir imóveis com mais qualidade construtiva e de acabamento. Queremos que até o fim do ano, todos os assentamentos tenham casas construídas”, afirmou Puccinelli.

A coordenadora do PNHR, Noemi Aparecida Lemos, que esteve presente no evento, destacou que onde o poder público estadual é parceiro do governo federal na execução dessas obras, a qualidade dos imóveis é visivelmente superior. “As casas que construímos aqui no Mato Grosso do Sul, em parceria com o governo do estado, são de muito boa qualidade. Por isso, precisamos parabenizar o Estado e destacar que esta é uma prioridade da administração do governador", avaliou Noemi Lemos.