Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 9 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Incra promete rever situação de famílias retiradas de assentamento em Itaquiraí

Das 50 famílias despejadas pela Justiça, 20 já foram retiradas dos lotes nos assentamentos Santo Antônio e Lua Branca. Elas estão sendo retiradas porque estão em situação irregular.

Campo Grande News

28 de Agosto de 2013 - 16:36

O superintendente regional o INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), Celso Cestari, prometeu, na manhã de hoje, rever a situação as famílias despejados dos assentamentos em Itaquiraí. Ele fez a promessa durante reunião com deputados estaduais e assentados.

Das 50 famílias despejadas pela Justiça, 20 já foram retiradas dos lotes nos assentamentos Santo Antônio e Lua Branca. Elas estão sendo retiradas porque estão em situação irregular.

No encontro, os assentados admitiram que há irregularidades no assentamento, inclusive, venda de lotes. No entanto, argumentaram que alguns dos atingidos pelas liminares judiciais esperaram por anos por um lote e acabaram sendo retirados do assentamento.

Cestari afirmou que as liminares não foram concedidas sem critério e as ordens de despejo só foram expedidas depois de três anos de investigação da Polícia Federal. Entretanto, admitiu que, em alguns casos, pode ter havido excesso. Desta forma, os trabalhadores que estão em situação regular, ou que têm o perfil da reforma agrária, mas necessitam de regularização no cadastro, terão sua situação revista.

“Falou-se aqui em famílias humildes, que é justamente o público da reforma agrária, e essas podemos voltar atrás sem problema nenhum”, garantiu.