Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Sidrolandia

LIRAa aponta incidência de 0,42% de infestação do Aedes Aegypti em Corumbá

Nos cinco ciclos anteriores, o LIRAa registrou 0,9% em setembro; 1,09% em julho; 2,80% em maio; 8,11% em março, e 4,63% em janeiro

Correio do Estado

29 de Outubro de 2014 - 15:51

Corumbá está com uma incidência de 0,42% de infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, bem abaixo do aceitável pela Organização Mundial da Saúde (OMS) que é de até 1%.

Foi o que apontou o último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), sexto ciclo, realizado no período de 20 a 24 de outubro pelas equipes de agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Este foi o mais baixo índice registrado no ano. Nos cinco ciclos anteriores, o LIRAa registrou 0,9% em setembro; 1,09% em julho; 2,80% em maio; 8,11% em março, e 4,63% em janeiro.

Dois bairros ainda apresentaram incidência de infestação acima do aceitável. Foram o Aeroporto, com 2,06, e Maria Leite, com 1,77%. Nestas localidades, as equipes do CCZestão intensificando as ações visando redução da infestação do mosquito transmissor da dengue.