Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 23 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Marcio Teles diz que denuncia do Vereador Beto foi baseada em sensacionalismo politico

As explicações do Gerente de Saúde em plenário atendeu a um requerimento do Vereador José Manoel

Assessoria da Prefeitura

24 de Setembro de 2013 - 09:39

Foto: Eliton Santos/Assessoria

Marcio Teles diz que denuncia do Vereador Beto foi baseada em sensacionalismo politico

Na noite desta segunda (23/09) o Vereador licenciado e atual Gerente de Saúde Márcio Teles, foi ao plenário da câmara municipal de Deodápolis com o objetivo de esclarecer a denuncia do Vereador Paulo Roberto (Beto) envolvendo o caso de uma senhora que faleceu no hospital municipal há quase um três meses atrás.

O Gerente levou consigo, diversos documentos que comprovam o atendimento e que desmente a denuncia do Vereador Beto, que em sessões passadas vinha afirmando que a Sr (a) Maria José Bezerra de Lira, faleceu em decorrência da falta de atendimento médico. Em diversas oportunidades o Vereador afirmou que houve negligencia no hospital e que isso teria causado a morte da mulher.

Segundo o Gerente de Saúde, a denuncia de negligencia é vazia e sensacionalista. “Estou aqui hoje para ressaltar pra todos vocês que a Dª Maria, foi atendida as 16hs, porem a mesma voltou a ter uma crise e faleceu as 18hs30min e em todos os momentos a mesma foi atendida pelo Diretor Clinico do Hospital, Dr José Castilho. Pra mim isso é uma fatalidade. Você acha que nós gostaríamos que a Dª Maria viesse a óbito? Jamais! Porem em alguns casos, independe a vontade do homem e prevalece a vontade de Deus. A denuncia do nobre vereador Beto é baseada em sensacionalismo! Tá aqui os prontuários que provam que a Dª Maria foi atendida.” Destacou Márcio Teles.

As explicações do Gerente de Saúde em plenário atendeu a um requerimento do Vereador José Manoel. Ainda em tribuna o Gerente de Saúde Márcio Teles destacou as economias que o mesmo vem fazendo junto à frota de veículos da saúde. Segundo o mesmo, hoje são investidos R$ 25 mil reais com combustível por mês. Na gestão do ex-prefeito este valor ultrapassava os R$ 40 mil reais.

“Hoje eu invisto a metade do combustível que o ex-secretário de saúde investia que ultrapassava os R$ 40 mil reais. Hoje, rodando muito mais, e atendendo a muito mais gente, nós investimos apenas R$ 25 mil reais. Isso o Sr não discutia em tribuna não é vereador?!” finalizou Márcio Teles.

Ao final o Gerente de saúde ainda ressaltou que hoje a saúde do município tem uma aprovação de quase 70% da população, dados estes que confrontam os da gestão anterior, segundo fala do mesmo em tribuna.