Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 11 de Agosto de 2022

Sidrolandia

MS pode prorrogar concessão para conseguir R$ 1,9 bi da ALL

A proposta foi debatida ontem em Brasília e na próxima semana deve ser batido o martelo sobre o retorno das atividades.

Correio do Estado

07 de Outubro de 2015 - 08:15

O prazo de concessão da malha ferroviária Oeste – que engloba Corumbá a Três Lagoas - administrada pela Rumo ALL deve ser ampliada para garantir a reativação do transporte de cargas no trecho ferroviário no Estado e assegurar o retorno de investimento de R$ 1,9 bilhão na recuperação da linha férrea. A proposta foi debatida ontem em Brasília e na próxima semana deve ser batido o martelo sobre o retorno das atividades.

Após quase uma hora de reunião, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) explicou a Carlos Fernando do Nascimento, diretor da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), sobre o estudo que o Governo do Estado fez em parceria com Rumo ALL, que prevê a reativação da malha.

Foi ressaltado que Mato Grosso do Sul tem e terá um volume de carga suficiente para viabilizar financeiramente a malha ferroviária, sendo necessário o aporte de R$ 1,9 bilhão para que o plano seja colocado em prática.

Mas, para que haja o investimento será necessário alongar o prazo de concessão, de forma de permitir que haja o retorno do investimento que deverá ser feito.