Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 10 de Agosto de 2022

Sidrolandia

Prefeitura inicia nesta terça-feira coleta seletiva no comércio de quatro ruas da área central

Todo o material que será coletado vai ser depositado num galpão alugado pela Prefeitura no bairro São Bento onde será estruturado uma unidade de triagem do lixo.

Flávio Paes/Região News

25 de Agosto de 2015 - 07:41

Começa nesta terça-feira a coleta seletiva do resíduo produzido pelos estabelecimentos comerciais de quatro ruas da área central: Dorvalino dos Santos, São Paulo, Santa Catarina e João Márcio Ferreira Terra, no trecho entre a Antero Lemes e a Praça do São Bento.

Nesta primeira etapa, 40 comerciantes aderiram voluntariamente à proposta da Prefeitura de deixar separado o lixo (úmido e seco) para o caminhão coletor que fará o serviço duas vezes por semana (as terças e quintas-feiras).

Com o início da coleta, a Prefeitura começou a cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o Ministério Público que estabeleceu um cronograma para o município implantar uma nova política de destinação dos resíduos sólidos, com implantação de um aterro sanitário dentro de no máximo dois anos.

Prefeitura inicia nesta terça-feira coleta seletiva no comércio de quatro ruas da área centralA adesão à coleta seletiva foi relativamente pequena neste primeiro momento, mas segundo o secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Cezar Queiroz, no prazo máximo de um ano o comerciante que não tiver participando do projeto vai arcar com as conseqüências.

A Prefeitura não vai fazer mais coleta do lixo produzido no seu estabelecimento e o empresário terá de custear a remoção do material para Campo Grande ou Dourados, cidades mais próximos onde há aterros sanitários licenciados.

Além de separar o lixo seco (reciclável), do úmido, os comerciantes terão de e montar ecopontos para coleta de materiais sujeitos à logística reversa – pilhas e baterias, lâmpadas fluorescentes, embalagens de óleos lubrificantes. O óleo de cozinha de uso doméstico poderá ser armazenado em ecopontos específicos a granel ou adaptados para receber garrafas PET com óleo.

Todo o material que será coletado vai ser depositado num galpão alugado pela Prefeitura no bairro São Bento onde será estruturado uma unidade de triagem do lixo, com esteira de separação e prensa. Inicialmente 10 catadores vão trabalhar nesta central.