Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Sanesul está habilitada para eleição do Comitê da Bacia do Rio Miranda

O Comitê será composto por representantes dos municípios, dos órgãos estaduais, das entidades, da sociedade civil e dos usuários de água

Assessoria

03 de Maio de 2011 - 16:13

A Sanesul foi habilitada dentre 55 empresas a participar das eleições para compor o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Miranda. O pleito tem a finalidade de definir quais órgãos estarão regendo, junto ao colegiado, os recursos hídricos daquela Bacia.

A Empresa tem o interesse de estar integrada a este tipo de movimento, pois é um de seus eixos da política ambiental de diretrizes. A próxima assembleia deliberativa será realizada no dia 31 de maio, no auditório do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

O Comitê será composto por representantes dos municípios, dos órgãos estaduais, das entidades, da sociedade civil e dos usuários de água. As entidades eleitas representarão as organizações durante o biênio 2011/2012.

O engenheiro da Gerência de Meio Ambiente (Gemam), Thiago Pereira Vieira, explica que o Comitê administra todos os instrumentos de gestão de recursos hídricos. Isto inclui o cadastro de usuários, a cobrança de utilização da água em alguns casos, tratamento, utilização por indústrias, navegações, entre outros itens.

“Como somos um dos grandes usuários dos recursos hídricos, é fundamental que possamos opinar quanto à sua utilização e distribuição de água”, afirma o engenheiro da Gerência de Merio Ambiente.

A composição do Comitê é tripartite, ou seja, a eleição é setorizada e estes votam em três representantes. “Desta maneira, a estrutura garante que cada área tenha um representante, pelo menos. O que assegura os direitos e o poder de decisões que irão influenciar na melhoria da qualidade de vida e no desenvolvimento sustentado da bacia.”, afirma Thiago.

A Sanesul tem a intenção de ampliar sua participação nos órgãos de consulta e decisão quanto à gestão ambiental, em específico, os recursos hídricos. Ela já participa diretamente de alguns conselhos, como o Estadual de Controle Ambiental (Ceca).

Atualmente, além de disputar um lugar no Comitê de Recursos Hídricos da Bacia do Rio Miranda, a Empresa também está cadastrada com a mesma finalidade no Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Ivinhema. Porém, deste segundo, aguarda a publicação do resultado. Estando habilitada, ela participa do mesmo processo de votação. Os comitês de bacia são considerados "o parlamento das águas", por sua capacidade de deliberar sobre os recursos hídricos.

A Sanesul está definindo quem será o representante da Gemam no dia da próxima votação. A lista das empresas habilitadas foi divulgada ontem, 2 de maio, pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul) no Diário Oficial. Os interessados podem acessar o link www.imprensaoficial.ms.gov.br.