Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Servidores municipais saem em passeata, promovem apitaço e se concentram em frente da Prefeitura

A concentração começou às 7 horas da manhã e o grupo, com faixas e fazendo muito barulho com apitos, saiu em passeata percorrendo a Rua São Paulo.

Flávio Paes/Região News

09 de Setembro de 2013 - 11:00

O dia de paralisação que o Sindicato dos Servidores Municipais convocou para esta segunda-feira para pressionar o prefeito Ari Basso a conceder 12% de reajuste salarial teve adesão de 200 funcionários que se concentraram em frente ao Paço Municipal e agora vão para Câmara, onde assistirão a sessão ordinária.

A maior adesão foi na Secretaria de Infraestrutura, onde pelo menos 50 funcionários cruzaram os braços e nenhum caminhão ou equipamento deixou o pátio para fazer o serviço de manutenção das estradas na zona rural. Na Secretaria de Saúde, o movimento suspendeu alguns serviços oferecidos pela  Centro de Especialidades Médicas nesta segunda-feira pela manhã. O médico ginecologista aderiu ao movimento e o raio-x não funcionou.  

 A concentração começou às 7 horas da manhã e o grupo, com faixas e fazendo muito barulho com apitos, saiu em passeata percorrendo a Rua São Paulo até a Rua Sergipe. Retornou pela Avenida Dorvalino dos Santos indo até a João Márcio Ferreira, onde os manifestantes pararam por 15 minutos em frente da sede do Sindicato. 

De lá retornaram pela Rua São Paulo até o Paço Municipal onde continuaram a manifestação. De lá, irão para Câmara Municipal, onde participarão da sessão. Durante todo o trajeto, além do apitaço, o que se ouvia era uma palavra de ordem: “Servidores na rua, Ari Basso a culpa é sua”, que o prefeito não pode ouvir porque está em Campo Grande onde permanecerá o dia inteiro participando da entrega de veículos para o conselho tutelar e a coordenadoria da mulher.

Presentes a manifestação os vereadores da oposição, Edno Ribas, Nélio Paim, Rosângela Rodrigues, Waldemar Acosta, além dos governistas Sérgio Bolzan e Marco Roberto. O presidente do Sindicato, Idemar Marcos, garante que esta manifestação se repetirá todos os dias até que o prefeito se disponha a apresentar uma proposta de reajuste. Nesta segunda-feira nenhum secretário se apresentou para receber uma comissão de funcionários.

 

Foto: Franciane Trindade/Região News

Servidores municipais saem em passeata, promovem apitaço e se concentram em frente da Prefeitura