Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 28 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Sesau compra leito em hospital para transferir jovem com suspeita de H1N1

Não havia vaga em nenhum hospital do SUS (Sistema Único de Saúde) e a paciente não podia sair da unidade em carro particular

Campo Grande News

25 de Fevereiro de 2014 - 08:25

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) comprou leito em um hospital particular de Campo Grande para a transferência de Priscila Kelly Magalhães, 19 anos, que está internada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário, com diagnóstico inicial de infecção pelo vírus H1N1. Uma radiografia feita no pulmão da jovem revelou que o órgão está comprometido.

Não havia vaga em nenhum hospital do SUS (Sistema Único de Saúde) e a paciente não podia sair da unidade em carro particular. A família fez várias ligações ao Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas foi informada que ela era a oitava em uma fila de prioridades para a transferência.

Revoltados com a situação, os familiares juntaram dinheiro e contrataram um advogado. O defensor entrou com ação na Justiça nesta tarde pedindo a transferência de Priscila para um hospital.

Após a publicação da denúncia pelo Campo Grande News, o secretário de Saúde, Ivandro Fonseca, autorizou a compra de leito em hospital particular para a transferência da jovem. Segundo a assessoria de imprensa da Sesau, a compra foi realizada, pois não havia leito disponível nos hospitais da rede pública.

A urgência da transferência é devido ao estado de saúde de Priscila que requer muitos cuidados, segundo os médicos.