Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 1 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Transporte de minério de MS para Mercosul bate recorde em agosto

No porto Esperança, os números excederam o último recorde registrado, em agosto de 2011, com 298 mil toneladas de minério transportado.

Campo Grande News

08 de Outubro de 2013 - 14:00

O transporte de minério de Mato Grosso do Sul para países do Mercosul pelas empresas Vale e ALL (América Latina Logística) bateu recorde nos portos Esperança, em Corumbá, e em Ladário no mês de agosto. Foram 300 mil toneladas transportadas em Corumbá e mais de 60 mil em Ladário.

No porto Esperança, os números excederam o último recorde registrado, em agosto de 2011, com 298 mil toneladas de minério transportado. Em Ladário, o volume superou o total previsto em 123%, já que o previsto era de 50 mil toneladas.

Um dos motivos apontados para o aumento foram investimentos de R$ 1 milhão no Porto de Ladário, que voltou a operar em julho. A estrada ferroviária, ramal de acesso ao porto, passou por uma revitalização para ampliar sua capacidade. “O retorno das atividades nessa estrada aconteceu em julho, e em agosto já tivemos um excelente desempenho”, acredita o coordenador de Negócios Industrializados da ALL, Thiago Nogueira. O Porto Esperança também já tem como meta transportar mais de 320 mil toneladas.

Os dois portos passaram a contar com mais duas locomotivas e 45 vagões para auxiliar no transporte de carga, o que equivale a quase mil caminhões fora da estrada. A carga percorre hoje 25 quilômetros de trilhos, da Estação de Urucum até o Terminal da Granel Química, no Porto de Ladário, com destino a países do Mercosul, via Rio Paraguai.