Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Brasil

Chrystian morre em SP: cantor que fez dupla com Ralf se apresentou em março em Sidrolândia

Em março deste ano, o cantor se apresentou em Sidrolândia para comemorar o aniversário da Feira do Distrito de Quebra Coco.

Redação/Região News - Com informações da CNN Brasil

20 de Junho de 2024 - 07:15

Chrystian morre em SP: cantor que fez dupla com Ralf se apresentou em março em Sidrolândia
O cantor Chrystian em apresentação em Sidrolândia em março deste ano. Foto: Bruna Loschi.

Morreu na noite desta quarta-feira (19) o cantor Chrystian, da dupla sertaneja “Chrystian e Ralf”, aos 67 anos, após ser internado no Hospital Samaritano, em São Paulo. Chrystian foi diagnosticado com um rim policístico, distúrbio no qual cistos se desenvolvem nos órgãos.

Ele foi internado em fevereiro deste ano para realizar um transplante de rim, mas a cirurgia foi adiada após surgirem imprevistos nos exames pré-operatórios. Em março deste ano, o cantor se apresentou em Sidrolândia para comemorar o aniversário da Feira do Distrito de Quebra Coco.

Chrystian morre em SP: cantor que fez dupla com Ralf se apresentou em março em Sidrolândia
O cantor se apresentou na comemoração de 02 anos da Feira do Distrito de Quebra Coco. Foto: Bruna Loschi.

Carreira

Natural de Goiânia, Goiás, Chrystian ganhou fama ao lado do irmão, Ralf, quando formaram a dupla Chrystian e Ralf. Juntos, eles lançaram 20 álbuns, além de 32 coletâneas e 2 DVDs acústicos. Ao longo dos anos, conquistaram 15 Discos de Ouro, 9 de Platina e 4 de Diamante. Entre os sucessos da dupla estão canções como “Chora Peito”, “Minha Gioconda”, “Vira, virou”, “Tempo ao Tempo”, “Cheiro de Shampoo”, “Nova York”, “Olhos de Luar” e “Saudade”.

Antes de se juntar ao irmão, Chrystian teve uma carreira solo. Ele gravou diversas canções em inglês, entre elas “Don’t Say Goodbye”, que entrou para a trilha sonora da novela “Cavalo de Aço”, da TV Globo, em 1973. A música ficou por 19 semanas nas paradas musicais. No entanto, o acordo com a gravadora lhe pedia anonimato. Depois disso, ele passou a cantar com o irmão.

Até 1975, eles gravaram diversas músicas em inglês. Em 1983, a dupla decidiu assumir o gênero sertanejo e lançou o primeiro álbum. Na mesma década, eles se tornaram a primeira dupla sertaneja a lançar um CD, com a coletânea “Convite para ouvir Chrystian e Ralf”.

Ao longo dos anos, diversas músicas dos irmãos integraram trilhas sonoras de novelas da TV Globo, SBT e TV Record, atingindo sucesso nacional. A dupla também era reconhecida internacionalmente, com músicas em inglês e espanhol, e realizou turnês fora do Brasil.

No ano 2000, Chrystian e Ralf anunciaram que estavam se separando para focar nas carreiras solo após 16 anos. Chrystian lançou o álbum “Beijo Final”, com duas músicas que seriam regravadas anos mais tarde: “Tá no Meu Coração”, por Edson & Hudson, em 2005, e “Foi Só Engano”, por Zezé Di Camargo & Luciano, em 2006. No ano seguinte, os irmãos anunciaram o retorno e lançaram mais de 10 discos até 2021, quando anunciaram o fim definitivo da dupla, com Chrystian decidindo seguir carreira solo.