Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Economia

Dólar aumenta e empresa suspende voos entre Campo Grande e Bolívia

Com 50 assentos, a aeronave CRJ-200 partia nos últimos meses com média de 15 passageiros

Correio do Estado

16 de Outubro de 2015 - 08:29

Voos da companhia aérea boliviana Amaszonas estão suspensos, desde o início do mês, em Campo Grande. A alta do dólar foi apontada como fator determinante para a decisão, uma vez que ampliou a baixa ocupação na rota com destino a Santa Cruz de La Sierra.

“O dólar subiu e o passageiro deixou de embarcar. Por isso, se optou em suspender as operações até março, com possibilidade de retorno via Corumbá ou rota entre Campo Grande e Assunção”, explicou a gerente regional Camila Ricci.

Com 50 assentos, a aeronave CRJ-200 partia nos últimos meses com média de 15 passageiros. Para manutenção das operações seriam necessários ao menos 30 embarques.

O valor da ida e volta, com taxas, era de US$ 269 (atuais R$ 1.033). Já os voos ocorriam às segundas, quartas e sextas desde junho de 2014.

A Amaszonas chegou a requerer autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para uma escala em Corumbá, porém esta foi negada com base em legislação que não permite dois pousos de origem internacional no país.