Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Economia

Em MS, 10,4 mil famílias ainda não atualizaram dados do Bolsa Família

Na região Centro-Oeste, o índice de atualização é de 8%, 5.947 famílias do total 69,4 mil.

G1

14 de Maio de 2011 - 09:32

Em Mato Grosso do Sul, 14% das famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família e convocadas este ano para atualizar informações cadastrais já compareceram às respectivas prefeituras entre janeiro e março de 2011. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, 10.454 famílias ainda precisam renovar os dados junto à base de dados nos municípios em que moram, antes de 31 de outubro, sob risco de bloqueio do benefício.

Além de Mato Grosso do Sul, os municípios do Rio de Janeiro (16%) e São Paulo (14%) estão mais adiantados na revisão dos dados, segundo ministério. Em todo o país, o índice de atualizaçãoé de 10%, equivalente a 129.998 do total de 1,2 milhão de famílias. A atualização é realizada pela gestão municipal do Bolsa Família em parceria com o ministério. Na região Centro-Oeste, o índice de atualização é de 8%, 5.947 famílias do total 69,4 mil.

Os dados, segundo o ministério, devem retratar a realidade dos beneficiários para garantir que o Bolsa Família chegue à parcela da população com renda per capita de até R$ 140,00.

Prazos
Os beneficiários que não conseguirem renovar as informações até 31 de outubro terão uma segunda chance até 31 de dezembro. Mesmo com o pagamento suspenso, elas podem procurar o gestor municipal do programa para atualizar seus dados junto ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Caso a situação permaneça sem alterações, o benefício será cancelado em 2012.

Em novembro de 2009, o ministério bloqueou o benefício de 975.601 famílias que não atualizaram seus dados. À época eram 3,4 milhões de famílias que estavam com cadastros desatualizados. Outras 387.738 famílias tiveram seus valores suspensos em novembro do ano passado pelo mesmo motivo.