Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Economia

Enersul diz que tarifa elétrica custa menos que passe de ônibus

Hoje o passe em Campo Grande custa 2,70 paras linhas urbanas e R$ 3,25 para as linhas executivas, o chamado fresquinho

Campo Grande News

14 de Maio de 2011 - 08:34

Após o reajuste deste ano, que recebeu críticas e foi motivo de protestos, a Enersul fez um levantamento e afirmou cobrar tarifa elétrica de R$ 4,93 por dia para 80% das residências, valor abaixo do preço de passagens de ida e volta no transporte coletivo de Campo Grande.

A comparação foi feita pela própria concessionária e divulgada pela assessoria de imprensa.

Hoje o passe em Campo Grande custa 2,70 paras linhas urbanas e R$ 3,25 para as linhas executivas, o chamado fresquinho. O que significa R$ 5,40 ida e volta na linha convencional.

Conforme a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a tarifa é de R$ 0,43062 para o consumidor residencial.

A Enersul afirma ainda que estimula todos a economizar. A orientação pelo consumo consciente da energia elétrica é passada por meio de campanhas, eventos e material educativo distribuído nas lojas de atendimento.

Depois do reajuste, um dos mais elevados no País, concedido à Enersul, consumidores chegaram a fazer protesto em frente à sede da empresa, na avenida Gury Marques.