Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 27 de Janeiro de 2022

Economia

FCO implanta linhas de crédito para atender microempresas na Capital

Campo Grande News

17 de Maio de 2011 - 10:37

O FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) vai atender neste ano microempresas com três linhas de crédito específicas. É a primeira vez que o fundo libera recursos para o segmento, segundo informações do superintendente Estadual do Banco do Brasil, Luiz Carlos Pordeus Junior.

A declaração foi dada durante evento na manhã desta terça-feira, no Armazém Cultural, na Esplanada Ferroviária, em comemoração a formalização de 10 mil empresas individuais em Campo Grande.

O superintendente do BB afirma que a medida, iniciativa da Prefeitura da Capital, vai fomentar a formalização das microempresas e acelerar a criação empregos.

Participaram do evento empreendedores que abriram suas empresas no período de outubro de 2010 a janeiro deste ano, utilizando-se da nova modalidade tributária, regulamentada em 2009 pela Prefeitura, ação que integra o Plano de fomento à formalização dos pequenos e microempreendedores.

Na ocasião, representantes de instituições financeiras da cidade, como a Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Banco da Gente e Programa de Microcrédito da Prefeitura, o Credigente, fizeram apresentações que abordaram como obter crédito e ter acesso às linhas de financiamento para pequenas e microempresas.

Formalizados, os empreendedores individuais podem captar recursos que possibilitem o aprimoramento e o crescimento de seus negócios. Técnicos da Secretaria da Receita e do Sebrae disponibilizaram suporte para dúvidas sobre a abertura de empresas individuais.

Com a formalização, as microempresas passam a ter acesso a benefícios como previdência social, direitos à aposentadoria, salário-maternidade, auxílio-doença, à pensão por morte ou invalidez.

Segundo informações da Prefeitura, a empresa individual emite notas fiscais, o que possibilita a venda para outras empresas ou para o governo. Também permite a participação em programas de capacitação e de melhoria da gestão, desenvolvidos pelos parceiros da administração municipal.