Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 23 de Janeiro de 2021

Economia

Leilão ofertará 18 mil toneladas de algodão produzido em Mato Grosso do Sul

O Pepro é uma operação cuja finalidade é incentivar o escoamento de um produto que se encontra em grande quantidade em uma região

Assomasul

22 de Setembro de 2014 - 08:59

A Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) promove na próxima quinta-feira (25) um leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) de 18 mil toneladas de algodão em pluma produzidas em Mato Grosso do Sul na safra 2013/2014. 

Além desse volume de Mato Grosso do Sul, o leilão Pepro comercializará outras 483 mil toneladas de outros oito estados: Mato Grosso (291 mil toneladas), oeste da Bahia (140 mil toneladas), Goiás (24 mil toneladas), Maranhão (9 mil toneladas), Minas Gerais (8 mil toneladas), Piauí (6 mil toneladas), São Paulo (3 mil toneladas) e Tocantins (2 mil toneladas). 

Conforme a Conab, o participante do leilão deve comprovar a venda e o escoamento do algodão em pluma para localidade diferente da área de plantio ou quando a operação for realizada na mesma região de plantio, a sua venda e transformação em fio ou tecido por uma indústria de fiação. 

O Pepro é uma operação cuja finalidade é incentivar o escoamento de um produto que se encontra em grande quantidade em uma região, com vistas a amenizar a pressão pela baixa dos preços. Para isso, o governo federal paga um prêmio econômico aos arrematantes do leilão que comprovarem o escoamento, mediante documentos específicos, para as localidades determinadas em edital. 

De acordo com o ministério, em Mato Grosso do Sul e em outros oito estados os preços recebidos pelos agricultores estão abaixo do mínimo de R$ 54,90 a arroba (15 quilos).