Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 21 de Abril de 2024

Economia

Mais de 15 mil trabalhadores tem somente hoje para sacar o PIS

O banco avisou os beneficiados por meio de cartas e mensagens de celular, no caso dos que estão com cadastro atualizado

CEF

30 de Junho de 2011 - 09:42

Mais de 15 mil trabalhadores têm só hoje  para buscar o abono salarial equivalente a um salário mínimo nas agências da Caixa, lotéricas e correspondentes bancários de Mato Grosso do Sul. O valor à espera dos trabalhadores é de R$ 8,6 milhões. Neste ano a CEF estimou o pagamento para 204.220 trabalhadores. No Brasil cerca de R$ 478 milhões ainda foram sacados por 877,9 mil (5,5%) dos 15,9 milhões de trabalhadores que têm direito ao benefício no País.

O banco avisou os beneficiados por meio de cartas e mensagens de celular, no caso dos que estão com cadastro atualizado. Além disso, o Abono foi depositado automaticamente aos que têm conta na Caixa e disponibilizado em mais de 300 pontos de atendimento no Estado, entre agências bancárias, caixas eletrônicos, correspondentes e lotéricas – uma vez que para o saque só é necessário o cartão do cidadão e senha.

Quem não sacar  perde o benefício, que será encaminhado para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Têm direito ao Abono Salarial, os trabalhadores que foram cadastrados no Programa de Integração Social (PIS) ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) até 2005; que trabalharam pelo menos 30 dias com carteira assinada em 2009, recebendo no máximo dois salários mínimos mensais e que o empregador tenha feito a informação correta dos dados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

 RENDIMENTOS DO PIS

Termina hoje também o prazo para saque dos rendimentos do PIS. Neste caso, são beneficiários os que foram cadastrados no PIS/Pasep até 04/10/1988 e que tenham saldo na conta do programa.

Caso os rendimentos do PIS não sejam sacados, assim como no caso do Abono, não poderão ser retirados posteriormente, exceto em casos de aposentadoria; invalidez permanente; reforma militar; transferência para a reserva remunerada; Aids ou câncer do titular ou de seus dependentes; morte do titular; benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência e ao idoso; e idade igual ou superior a 70 anos. Mais informações podem ser adquiridas pelo 0800-726 0101 ou pelo site www.caixa.gov.br.