Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 21 de Junho de 2024

Economia

Mato Grosso do Sul poderá voltar a vender aves para o Chile

Capital News

08 de Agosto de 2012 - 11:00

Mato Grosso do Sul conquistou o reconhecimento do Chile como área de livre da Newcastle (DNC), que é o nome dado a uma patologia altamente contagiosa que afeta aves domésticas e selvagens e que pode trazer grandes prejuízos financeiros aos aviários.

A decisão foi comunicada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) pelo Serviço Agrícola e Pecuário (SAG, sigla em espanhol) durante reunião de negociações bilaterais no Brasil.
Com o reconhecimento, o estado poderá exportar aves para aquele país.

Durante os dois dias de eventos no Chile, representantes do Ministério e do governo chileno discutiram a ampliação do intercâmbio comercial de produtos agrícolas e pecuários de interesse de ambos os países.

As reuniões foram feitas na Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) e conduzidas pelo secretário da SDA, Enio Marques, pelo diretor de Negociações Sanitárias e Fitossanitárias, Lino Colsera, e pelo diretor do Serviço Agrícola e Pecuário do Chile, Anibal Ariztia.

Entre os assuntos da pauta, negociações relativas a novos requisitos zoossanitários para exportação brasileira de suínos vivos e material genético suíno, além de negociações sanitárias e fitossanitárias.