Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Economia

Pepro ofertará acima de 1 milhão toneladas de milho de MT, MS e GO

Leilão está programado para o dia dia 20 de agosto, segundo Conab. Maior parcela dos lotes em oferta contempla Mato Grosso

AgroDebate

11 de Agosto de 2014 - 14:14

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) programou para o dia 20 deste mês o primeiro leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) para o milho. Ele prevê a oferta superior a um milhão de toneladas (1.050) do cereal produzido nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás

De acordo com o edital, a maior parcela dos lotes em oferta contempla Mato Grosso. São 900 mil toneladas, originárias das regiões norte (200 mil), centro norte (350 mil), centro sul (200 mil), nordeste (100 mil) e sudeste (50 mil).

Estão inclusos ainda os estados de Goiás e Mato Grosso do Sul, ambos com 75 mil toneladas cada. A produção deve ser destinada aos avicultores, suinocultores, bovinocultores e suas cooperativas, indústria de ração para avicultura e suinocultura de várias localidades, de acordo com a Conab.

O edital discrimina ainda que o produto in natura ou processado não pode ter como destino final os estados que compõem a região Centro-Oeste, Sul e Sudeste (exceto os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Norte de Minas Gerais), e os Estados da Bahia, Maranhão, Piauí, Rondônia e Tocantins.

Operação

O preço do milho em grão, para preenchimento do Documento Confirmatório da Operação (DCO), será de R$ 0,226/kg para o estado do Mato Grosso e de R$ 0,2945/kg para os estados do Mato Grosso do Sul e de Goiás.

Os leilões de Pepro são uma solicitação dos agricultores por conta dos baixos preços conseguidos pela saca de milho no mercado.

Na última safra em Mato Grosso, asseguraram a comercialização de 8,3 milhões de toneladas do cereal, com uma subvenção em prêmios de R$ 440 milhões, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).