Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 23 de Janeiro de 2021

Economia

preço do etanol recuou nos postos brasileiros em 2012

Apesar da queda, abastecer com etanol, o álcool combustível, não compensou, se comparado ao preço da gasolina, que ficou estável em 2012.

Terra

08 de Janeiro de 2013 - 10:32

O preço do etanol recuou nos postos brasileiros em 2012, de acordo com levantamento feito pela ANP (Agência Nacional do Petróleo). O preço médio do litro do combustível no fim do ano passado foi de R$ 1,936, 5,7% abaixo dos R$ 2,055 médios observados em dezembro de 2011. Apesar da queda, abastecer com etanol, o álcool combustível, não compensou, se comparado ao preço da gasolina, que ficou estável em 2012.

No final de 2012, o litro de etanol correspondeu a 70,2% dos R$ 2,754 médios cobrados pela gasolina, em postos de todo o País. De acordo com as propriedades de cada combustível, só vale a pena usar etanol se o preço do litro corresponder a menos de 70% do custo da gasolina ao consumidor. A queda no preço do etanol não foi suficiente para atrair mais consumidores. As vendas do combustível derivado da cana-de-açúcar caíram 10,4% em 2012, na comparação com o ano anterior, de acordo com estimativas do Sindicato das Distribuidoras de Combustíveis (Sindicom). Foram comercializados 9,7 bilhões de l de etanol. Desde 2009, as vendas de álcool combustível só despencam. Houve, desde então, retração de 41%.

Ao mesmo tempo, as vendas de gasolina subiram 12,2%, chegando a 39,8 bilhões de l, segundo a mesma projeção. Ao todo, o consumo de combustíveis no País seguiu crescendo, aumentando 6,3% em 2012, totalizando 118,4 bilhões de l. De 2010 para 2011, o preço médio do litro do álcool tinha avançado 15,5%, saindo de R$ 1,778 médios para R$ 2,055. Já o óleo diesel ficou, em média, 5,8% mais caro no ano passado. Em dezembro, o preço médio do l do combustível era de R$ 2,151, ante R$ 2,032 médios ao longo do último mês de 2011.

Combustível cujo preço é o mais baixo entre os ofertados nos postos, o GNV (Gás Natural Veicular) ficou 8,2% mais caro no ano passado. Em dezembro, o metro cúbico do combustível custava, em média, R$ 1,757. Em igual período em 2011, o mesmo volume era cotado a R$ 1,623 médios.