Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Economia

Receita com exportações cai 0,88% em MS no acumulado de 2014

A China se mantém no acumulado de 2014 como principal parceiro comercial de Mato Grosso do Sul no que se refere as exportações do estado

Do Agrodebate

10 de Novembro de 2014 - 08:05

A receita com as exportações caiu 0,88% em Mato Grosso do Sul no acumulado de janeiro a outubro de 2014 frente ao mesmo período de 2013, passando de US$ 4,636 bilhões para US$ 4,596 bilhões, conforme dados do Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior via Web (Aliceweb), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

Segundo o Aliceweb, dos cinco produtos que registram até o quinto bimestre deste ano o maior faturamento com as exportações, quatro são produzidos ou utilizam matérias-primas do agronegócio do estado: a soja em grãos, em primeiro, com US$ 1,229 bilhão; a celulose, em segundo, com US$ 897,966 milhões; a carne desossada e congelada de bovinos, em terceiro com US$ 505,285 milhões e o açúcar, em quinto, com US$ 296,558 milhões.

Do “top cinco” do ranking de receita de vendas no mercado internacional pelo estado, o único produto que não está relacionado ao agronegócio, conforme os dados do Mdic é o minério de ferro não aglomerado e seus concentrados, que ocupa a quarta posição na listagem deste ano, com faturamento de US$ 427,975 milhões.

Conforme o Aliceweb, a China se mantém no acumulado de 2014 como principal parceiro comercial de Mato Grosso do Sul no que se refere as exportações do estado. O país asiático foi responsável, nestes cinco bimestres, pela compra de US$ 1,378 bilhão em produtos, o equivalente a 29,99% do faturamento total.

Depois da China, aparecem a Argentina com US$ 473,181 milhões (10,29% do total), a Rússia, com 357,750 milhões (7,78%), a Holanda, com US$ 272,599 milhões (5,93%) e a Itália, com US$ 257,192 milhões (5,59%).