Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 22 de Janeiro de 2022

Economia

Sanesul vai aplicar reajuste de 6,51% das contas de água e esgoto em MS

Assessoria

02 de Junho de 2011 - 08:00

A Sanesul publicou ontem no Diário Oficial do Estado o reajuste anual das contas de água e de esgoto para os municípios atendidos pela empresa. O índice aplicado será de 6,51% e vai incidir nas contas que serão pagas a partir de 1º de agosto. Para o cálculo da reposição, a empresa utiliza o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Ampliado) medido nos últimos doze meses.

Na prática, o consumidor que hoje gasta R$ 22,50, consumo mínimo cobrado pela Sanesul, passará a pagar aproximadamente R$ 24,00. O aumento já foi aprovado pela Agepan (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos). O impacto do custo da conta de água no salário mínimo, nos municípios atendidos pela Sanesul, vem diminuindo anualmente. Em 2005, o valor representava 5,84% do salário mínimo. Em 2011, esse percentual caiu para 4,4%.

A empresa informa que o reajuste repõe perdas com a inflação e não inclui o aumento dos custos com insumos básicos (energia elétrica, tubulação de PVC, cimento, ferro e produtos químicos, por exemplo), que tiveram reajuste médio de 10,96%. A energia elétrica foi o insumo que mais aumentou, subindo 16,02% no período.

Tarifa Social

Para as famílias de baixa renda, a Sanesul mantém o programa de Tarifa Social, proporcionando descontos de 50% nas contas de água. Atualmente, 11,6 mil famílias (46,4 mil pessoas), que têm renda mensal de até um salário mínimo, são beneficiadas.

Investimentos

Entre 2007 e 2010, a Sanesul investiu R$ 420 milhões em Mato Grosso do Sul. Em 2011, o investimento estimado será de mais R$ 150 milhões. A meta da empresa, para os próximos quatro anos, é aplicar, no mínimo, R$ 100 milhões ao ano. “Essa é a meta mínima. No entanto, se houver recursos advindos de outras fontes, ou até mesmo próprios, poderemos ampliar esses valores”, explica José Carlos Barbosa, presidente da Sanesul. Atualmente, 123 localidades são atendidas pela empresa, sendo 68 municípios e 55 distritos.