Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 24 de Outubro de 2021

Esporte

"Abri meu coração para estar aqui", diz Adriano em sua chegada ao Corinthians

Midimax

31 de Março de 2011 - 13:06

O atacante Adriano afirmou nesta quinta-feira (31) que está ansioso para fazer sua estreia com a camisa do Corinthians. Em entrevista ao canal de TV oficial do clube, ele contou que ganhou do amigo Ronaldo algumas dicas para cair rapidamente nas graças da torcida.

- Estou muito feliz de jogar no Corinthians. O Ronaldo é meu amigo de muito tempo e passou o carinho que tem pela torcida. Abri meu coração para vir até aqui, estou ansioso para jogar e dar alegria aos torcedores. Estou aqui para entrar no coração deles e espero conseguir isso o mais rápido pssível.

Depois da rápida entrevista, Adriano, já vestindo a camisa 10 corintiana, foi até o campo principal do CT Joaquim Grava, na zona leste de São Paulo, e posou para fotografias ao lado de familiares e do presidente do Corinthians, Andrés Sanchez. Ele deve jogar apenas em maio, quando estiver plenamente recuperado de uma cirurgia no ombro direito, após uma lesão sofrida num jogo da Roma, seu último clube, contra a Lazio, pela Copa da Itália.

O Imperador foi dispensado pela Roma, no começo deste mês, depois de se atrasar em sua reapresentação - ele havia sido liberado para se tratar no Brasil. Aos 29 anos, o Corinthians será o sétimo clube de sua carreira, iniciada no Flamengo e com passagens por Inter de Milão, Fiorentina, Parma, São Paulo e Roma.

Discrição e Lula

Apresentado oficialmente nesta quinta-feira (31) no CT Joaquim Grava sem a pompa que cercou as chegadas de Ronaldo (em 2009) e Roberto Carlos (em 2010) ao Alvinegro, Adriano foi recebido com algumas particularidades que não fizeram parte das festas programadas para os pentacampeões.

Na sala de imprensa lotada, um cartaz com a foto do atacante e os dizeres “Do Império à República” chamavam a atenção logo na chegada dos jornalistas, assim como um DVD que rodava repetidamente no telão. O conteúdo escolhido trazia gols de Adriano pela seleção brasileira e mensagens de boas vindas de corintianos ilustres, como o cantor Toquinho, o volante Elias, hoje no Atlético de Madri-ESP, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Depois de subir ao campo principal do complexo de treinamentos do Alvinegro para as primeiras fotos no novo clube, por volta das 12h36 (de Brasília), já devidamente trajado com a camisa 10 corintiana, e na companhia do presidente Andrés Sanchez, da mãe, Rosilda, e da avó, Wanda, que chegou a dar entrevistas no fim de 2010 “proibindo” a ida do neto para o Corinthians, Adriano se encaminhou para a sala de imprensa para a concorrida entrevista coletiva.

Lá, depois de responder à primeira pergunta, Adriano recebeu a visita de Ronaldo, que lhe desejou boas vindas e recomendou que ele "conquiste logo a Fiel, que tudo vai ser mais fácil".

Diante das câmeras, mostrou personalidade e enfrentou todos os questionamentos disposto a provar que os problemas que cercaram os últimos anos de sua carreira, na Inter de Milão, no Flamengo e na Roma, ficaram para trás.