Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 24 de Novembro de 2020

Esporte

Atlético-PR vence o Criciúma na volta para a Baixada e entra no G-4

O Atlético-PR, que usou uma formação ofensiva, com três atacantes, cresceu de produção no segundo tempo

Globo Esporte.com

20 de Julho de 2014 - 23:04

O Atlético-PR venceu o Criciúma por 2 a 0 em seu primeiro jogo oficial na nova Arena da Baixada e, de quebra, entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro. Festa completa? Quase. Como punição pela briga no jogo contra o Vasco, no fim do ano passado, o Furacão precisou jogar com os portões fechados. Foi a primeira das quatro partidas em casa sem torcedor. Após um primeiro tempo frio, os atacantes Marcelo e Douglas Coutinho marcaram os gols da vitória rubro-negra em duelo válido pela 11ª rodada.

Os autores do gol, aliás, foram os personagens da partida. Marcelo por completar sete jogos e acabar de vez com as possibilidades de transferência ainda este ano para Corinthians, Cruzeiro ou São Paulo. E Douglas Coutinho por chegar aos seis gols na competição, atrás apenas do cruzeirense Ricardo Goulart, que tem sete.

O Atlético-PR, que usou uma formação ofensiva, com três atacantes, cresceu de produção no segundo tempo. Subiu três degraus na tabela e ocupa o quarto lugar, com 19 pontos. Já o Criciúma, que apostou nos contra-ataques e deu pouco trabalho ao goleiro Weverton, termina a rodada na 14ª posição, com 11 pontos - três à frente do Vitória, que abre o Z-4. Paulo Baier, que reencontrou o ex-clube pela primeira vez após a saída polêmica no fim do ano passado, teve atuação discreta e saiu durante a etapa final.

O Atlético-PR tentará manter o embalo no Brasileirão na partida contra o Fluminense, às 16h (horário de Brasília) de domingo, mais uma vez na Arena da Baixada com os portões fechados. Já o Criciúma buscará a reação contra o Vitória, às 18h30 de sábado, no Heriberto Hülse.

Clima de treino? Só no primeiro tempo

Talvez pela ausência de torcida, os times protagonizaram um primeiro tempo frio, com clima de treino. O Atlético-PR tinha dificuldades para criar e teve apenas uma chance perigosa. O zagueiro Fábio Ferreira desviou para trás, após cruzamento de Ederson, e quase marcou gol contra. Depois, Otávio e Marcelo arriscaram de longe, sem sucesso. Os catarinenses também criaram poucas oportunidades. Bruno Lopes parou em Weverton, e Silvinho bateu rente à trave.

Sem alterações, o Atlético-PR voltou com uma postura mais ofensiva para o segundo tempo. O resultado não demorou a aparecer. Douglas Coutinho cruzou para Marcelo, de cabeça, abrir o placar na Baixada. O camisa 7 já havia feito o primeiro gol do Furacão no reformulado estádio em um amistoso contra o Corinthians, em maio. Logo depois, Douglas Coutinho finalizou duas vezes para ampliar o placar e anotar o sexto gol dele no Brasileirão - é o artilheiro da equipe.

O Criciúma partiu para o ataque no fim, esboçou uma pressão, sem resultado, e ainda deixou espaços atrás. Ederson e Marcos Guilherme, porém, não aproveitaram. Nada que fizesse falta. No primeiro jogo oficial na nova Arena, o Rubro-Negro conquistou os três pontos.