Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 30 de Outubro de 2020

Esporte

Brasil arrasa Coreia em São Paulo e é líder isolado do Grand Prix

Com a vitória, as comandadas do técnico José Roberto Guimarães somam mais três pontos, chegam a 12 e lideram isoladamente o grupo de elite do campeonato

Gazeta Esportiva

09 de Agosto de 2014 - 08:30

A Seleção Brasileira feminina de vôlei começou bem a segunda etapa do Grand Prix e segue firme na conquista do décimo título. As meninas atropelaram a Coreia do Sul na tarde desta sexta-feira, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 25/12 e 25/15.

Provando ser uma equipe equilibrada, o Brasil apresentou várias jogadoras com ótima pontuação. Fernanda Garay foi quem mais acertou, com 15 pontos, seguida pela central Thaísa (13) e a oposto Sheilla (10). Pelo lado asiático saiu a maior pontuadora do duelo: Kim, com 16 acertos.

O próximo compromisso do time verde e amarelo na competição acontece neste sábado, às 9h50, no mesmo Ibirapuera (SP), contra a Rússia, que perdeu nesta sexta-feira para os Estados Unidos por 3 sets a 1. Já as coreanas jogam mais tarde, às 12h20, contra as norte-americanas.

O jogo

O primeiro set começou muito equilibrado, com cada ponto sendo muito disputado entre brasileiras e coreanas. A ponteira Kim fazia a diferença pelo lado das asiáticas, enquanto Jaqueline e Thaísa lideravam o time verde e amarelo. No entanto, o Brasil acertou a defesa sobre a sempre procurada Kim e abriu 16/13 depois do segundo tempo técnico. Depois só administrou a vantagem para fechar em 25/16.

A segunda parcial começou como terminou a primeira. O Brasil foi muito forte no bloqueio e Kim, sobrecarregada, continuou errando, mesmo sendo a maior pontuadora da equipe coreana. Liderada por Jaqueline, Fabiana e Fê Garay, a Seleção Brasileira jogou dominou e fechou o segundo set em 25/12.

Com muito volume de jogo e se defendendo bem através dos bloqueios, o Brasil provocou alguns erros do time coreano e abriu 8/5 logo de cara. As brasileiras também aproveitaram muito bem o bloqueio das asiáticas para pontuar e aumentaram a vantagem para 16/8. Depois disso, o time verde e amarelo manteve o ritmo forte, administrou a vantagem e encerrou o duelo em 25/15.