Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Esporte

Cauteloso, Adilson não confirma Ganso na estreia da Libertadores

Na última quarta-feira, o preparador físico José Mário Campeiz chegou a dizer que o craque pode surpreender e voltar antes do previsto

Globo Esporte

07 de Janeiro de 2011 - 16:11

Cauteloso, Adilson não confirma Ganso na estreia da Libertadores
Divulga

O meia Paulo Henrique Ganso, do Santos, vem demonstrando desenvoltura nos treinos de pré-temporada. Durante as corridas ao redor do campo, até arrisca chutes na bola. Na última quarta-feira, o preparador físico José Mário Campeiz chegou a dizer que o craque pode surpreender e voltar antes do previsto.

Já o técnico Adilson Batista fez questão brecar qualquer tipo de empolgação nesta sexta-feira.

O treinador afirma que não tem pressa para contar com o camisa 10 e que vai respeitar o prazo de seis meses, que foi dado logo após a cirurgia no joelho esquerdo do jogador. Ganso foi operado no dia 28 de agosto do ano passado, para reparar a ruptura de ligamento que sofreu durante confronto contra o Grêmio, no Estádio Olímpico, pelo Brasileirão. A cirurgia completa seis meses no dia 28 de fevereiro, quase 15 dias depois da estreia do time na Taça Libertadores, contra o Deportivo Táchira, na Venezuela.

- No dia 28 de janeiro serão cinco meses. E a previsão é para o dia 28 de fevereiro. Temos de ter alguns cuidados. Entendemos que é normal que um atleta jovem como ele queira estar logo na ativa. Mas temos de controlar essa ansiedade - afirmou o treinador.

Por enquanto, Adilson Batista não poderá contar com seus dois principais meias. Além de Ganso, o técnico não tem à disposição Alan Patrick, que está servindo à Seleção Brasileira sub-20. Assim, Felipe Anderson, promovido ao time principal no ano passado, deverá ser o principal articulador de jogadas do time no início do Paulistão.