Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 23 de Outubro de 2021

Esporte

FFMS decide até amanhã se Operário sobe ou se permanece na Série B

De acordo com a FFMS, os times que desistirem da Série A devem protocolar sua desistência por escrito.

Campo Grande News

24 de Janeiro de 2011 - 15:29

Torcedores, dirigentes e jogadores do Operário vivem até amanhã (25) a expectativa de retornarem à Série A do Estadual de Futebol. Esta é a data limite que a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul estipulou para os times que decidirem se vão ou não participar da competição.

Com isso o Galo pode ganhar uma vaga e reeditar o clássico Comerário já na primeira fase do Sul-Mato-Grossense.

De acordo com a FFMS, os times que desistirem da Série A devem protocolar sua desistência por escrito. Se não documentarem e desistirem da disputa no meio do caminho ganham suspensão automática por dois anos das competições oficiais e tiram a chance do Operário de retornar à Série A. Ou seja, a possibilidade do Operário subir não está nas mãos apenas da FFMS. Está nas dos demais clubes.

Costa Rica e Rio Verde são os times que estão na corda bamba. O primeiro chegou a anunciar oficialmente sua decisão de abandonar o Estadual, mas até agora não protocolou a decisão. De acordo com cronistas esportivos, a equipe pode ser bancada com atletas de fora por dirigentes da FFMS para que o clube não caia para a Série B.

Já a diretoria do Rio Verde repensa a participação no Estadual já que não poderá usar seu estádio, o Cesário de Freitas, que está em reformas. Jogando fora de casa, perde patrocínios e terá os custos elevados, além de não contar com o apoio da torcida em jogos decisivos.

De acordo com a FFMS, para ter o direito de substituir qualquer equipe na Série A, os times da Série B devem estar em dia: foram solicitados comprovantes de quitação de débitos com a FFMS e CBF, laudos dos estádios e a comprovação de que mantém pelo menos uma equipe de base em competições homologadas.