Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Maio de 2024

Esporte

Operário vence o DAC e se torna o maior campeão sul-mato-grossense

O alvinegro da capital superou a vantagem do Dourados.

G1 MS

21 de Abril de 2024 - 20:33

Operário vence o DAC e se torna o maior campeão sul-mato-grossense
Operário vence Campeonato Estadual de Mato Grosso do Sul de 2024. Foto: Isabelly Melo

A disputa pela taça do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Série A foi intensa neste domingo (21), no Estádio das Moreninhas, em Campo Grande (MS). Depois de 45 minutos de bola rolando, o Operário garantiu o 13º título de campeão sul-mato-grossense ao vencer o Dourados por 3x1.

O Galo precisava de um gol para empatar e mais um para vencer do DAC. Isso porque no primeiro confronto, o Dourados garantiu a vantagem, após vencer por 1 a 0. O lance decisivo saiu quase no fim do segundo tempo, garantindo o placar de 3 a 0.

Matheus Bidick abriu o placar para o alvinegro campo-grandense aos 30 minutos do 1º tempo, após receber uma bola açucarada e fuzilar pro ângulo, sem chance de defesa pro goleiro Léo Lopes. Aos 39, Bidick cruzou pra área no pé do Pedrinho, que desviou e mandou pro gol. Com isso, o Galo terminou o 1º tempo com vantagem suficiente para ser campeão no tempo regulamentar.

Operário conquista 13º título estadual

Depois de boa parte do 2º tempo meio morno, o DAC teve a chance de incendiar o jogo. Aos 24 minutos, Túlio Renan recebeu cruzamento dentro da área, cabeceou e só não marcou porque o goleiro Elissom espalmou em cima da linha, evitando o gol do Dourados.

Aos 35 minutos, da entrada da grande área, Matheus Freire chutou cruzado de canhota, no cantinho, e marcou o terceiro do Operário, que sacramentou o título.

Com 14 minutos de acréscimo, Dourados conseguiu descontar no último lance, aos 59 minutos do 2º tempo. Mas era tarde demais e o juiz logo apitou sinalizando o fim da partida e consagrando a vitória do Operário.

Clima tenso: A disputa pela taça sul-mato-grossense foi marcada pela tensão. Logo após o terceiro gol teve confusão entre douradenses e operarianos, que resultou em mais de 10 minutos de paralisação e alguns cartões vermelhos pros dois lados.

Na torcida, a polícia revistou alguns torcedores após discussões e ameaças, algumas pessoas que estavam do lado do DAC precisaram ser retiradas do estádio. E, no campo, um jogador douradense foi expulso nos últimos minutos da partida.